Toda Mídia
Toda Mídia
 

13.3 TV lá: sexta-feira 13

Escrito por Nelson de Sá às 21h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

13.3 TV cá: pedofilia no "JN"

A escalada do "Jornal Nacional":

   A tragédia de Goiás revela perfil suspeito: Homem que matou a filha na queda de um avião roubado foi acusado de estupro por uma adolescente. Ele sobrevoou Goiânia perigosamente durante duas horas com a menina.
   O Japão protesta por estar na rota do foguete que será lançado pela Coréia do Norte.
   Um minério radioativo do Norte do Brasil vira motivo de preocupação e polêmica.
   Uma surpresa boa em janeiro: O nível das vendas no varejo subiu. Nossos repórteres explicam por que a indústria de calcinhas e sutiãs não pára de crescer, mesmo com a crise internacional.
   Como você vai poder escolher os melhores eletrodomésticos e utensílios com muito mais segurança.
   O governo confirma que vai exigir identificação de torcedores nos estádios.
   Sandra Pires, campeã olímpica de vôlei de praia, anuncia que vai parar.


E do "Jornal da Band":

   Vendas no comércio voltam a crescer depois de três meses de queda. Crédito imobiliário cresce 17% em janeiro.
   Reaquecimento também na indústria automobilística. Em Minas Gerais, 510 trabalhadores foram recontratados.
   Câmera de shopping grava queda de avião roubado por homem que sequestrou a filha. Os dois morreram no acidente em Goiânia.
   Menino que teve braço reimplantado no Rio de Janeiro realiza sonho de voar de helicóptero.
   Dois dias depois de massacre em escola, polícia prende adolescente que planejava outro ataque na Alemanha.
   Fidel Castro reaparece com chapéu de cowboy, em Havana.
   A volta de Michael Jackson: Um milhão de ingressos para 50 shows na Inglaterra acabam em apenas cinco horas.
   Futebol da pesada: Time de gordinhos só aceita craque com mais de 100 quilos.
   Fim de semana com chuva em boa parte do Brasil. Litoral do Nordeste deve ser atingido por temporais.
   Presidente Lula está voando agora para Washington. Amanhã, ao meio-dia, se encontra com o presidente Obama na Casa Branca.

Escrito por Nelson de Sá às 21h38

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Desculpa por tudo

E o jornalista Jim Cramer, do canal financeiro CNBC, encarou ontem o comediante Jon Stewart, do Comedy Central.

Na crítica do Gawker, "o que houve com Jim Cramer? Macho alfa quando berra dicas do mercado financeiro no programa 'Mad Money', ele parecia prestes a molhar as calças no 'Daily Show'". Ele "fugiu de qualquer choque direto, se desculpando por tudo o que a CNBC já transmitiu".

Na crítica do "USA Today":

_ Não faltaram risadas, mas no sentido mais amplo não houve nada de engraçado. Em resposta ao agressivo questionamento de Stewart, Cramer disse ter sido "castigado" e que gostaria que a emissora tivesse feito mais para expor a corrupção de Wall Street.

Stewart chamou a cobertura de "líder de torcida" do sistema financeiro. Atacou sua venda de "veneno de cobra por tônico" como "desonesta na melhor das hipóteses e criminosa na pior". E Cramer:

_ Absolutamente, nós podíamos fazer melhor. Havia maracutaias [shenanigans] e nós devíamos ter apontado. Todos devíamos. Eu devia ter feito melhor. Eu estou tentando.

A entrevista foi postada em 1, 2 e 3. No original, sem edição, 1, 2 e 3. Programa na íntegra, aqui. Mas o site anda caindo, tamanho o tráfego.

Escrito por Nelson de Sá às 11h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Só Ronaldo salva

O "Jornal Nacional" deu na escalada que até "torcedores dos rivais do Corinthians confessam que vibram com a volta do Fenômeno", enquanto a Globo grava a enésima entrevista com o jogador, agora para o programa "Altas Horas". Paulo Sampaio acompanhou e reporta, na Folha:

_ Fazer sexo antes do jogo atrapalha? A pergunta é dirigida ao atacante Ronaldo, durante a gravação. O Fenômeno parece confuso: "É, quer dizer, acho que não dá nada... Não tira nada... Mas vocês dizem quanto tempo antes? Muito antes?... Não é bom se cansar. Na dúvida, melhor ser passivo...". Como assim, Ronaldo!?

Mais à frente:

_ As perguntas já vêm com resposta. "Como você enfrentou a mídia dizendo que estava gordo e você calou a boca de todos eles?" A produção projeta gol de Ronaldo, com música de filme de superação ao fundo. O texto fala das "traquinagens de Ronaldo".

E na coluna Zapping, hoje também:

_ O jogador simplesmente ignora a Record. A Record vem tentando gravar para o "Domingo Espetacular" e ele sempre manda dizer que está com a agenda lotada. Mas aceita todos os convites da Globo. Foi também à Band. Deu entrevista a Milton Neves.

Record olímpica - Cristina Padiglione noticia no "Estado" que a Record fechou a segunda cota do pacote olímpico, por R$ 37 milhões, com empresa do "ramo alimentício". E Flávio Ricco informa na "Tribuna da Imprensa" que segunda-feira começa a cobertura, com "Minuto Olímpico" e série do "Jornal da Record" sobre os Jogos de Inverno.

Em casa - Lauro Jardim informa na "Veja" que um estudo no Rio, "onde a Globo tradicionalmente alcança médias maiores que no resto do país", revela que sua vantagem sobre a Record caiu de 22 pontos em 2005 (25 a 3) para 10 pontos em 2009 (18 a 8). Ricco indica ser a razão para a Globo Rio usar agora a vinheta "Carioca como você".

Escrito por Nelson de Sá às 10h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Algemas lá

Abrindo o texto da manchete on-line do "NYT", ontem:

_ Em desgraça, o financista Bernard L. Madoff foi imediatamente algemado e levado para a cadeia após audiência em que se declarou culpado de vasto esquema Ponzi, que fraudou investidores em bilhões de dólares. Enquanto suas mãos eram algemadas nas costas, suas vítimas apontavam com satisfação. Quando foi levado, ao menos duas delas estavam em lágrimas.

As "algemas" foram destaque aqui, por exemplo, no alto da home do UOL. Mas não no "Jornal Nacional" e em outras partes.

Uma década - O economista Nouriel Roubini postou ontem em seu blog que "Bernie Madoff é o espelho de uma economia Ponzi", aquela em que as finanças americanas _e outras_ viveram "por uma década ou mais".

Dez anos - Roubini, trazido ao Brasil pelo financista Pérsio Arida para dar visibilidade a seu novo fundo na imprensa, declarou por aqui que "o Brasil está em melhor forma do ponto de vista de fundamentos do que há dez anos", no destaque do "Valor".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de 13.3.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

13.3 revistas lá: seu emprego

 

Para as edições e capas, "Time" e "Economist".

Escrito por Nelson de Sá às 09h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

13.3 jornais lá: sinais de esperança

 

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Guardian". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Guardian" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ", "WP" e "Guardian" também no Newseum (lista por país e por Estado americano, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily e "Guardian".

Escrito por Nelson de Sá às 08h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

13.3 jornais cá: a gigante Cosan

Para as edições e capas originais, Folha, "Estado" e "Valor". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha OnlineGlobo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

12.3 TV lá: cadeia para Madoff

Escrito por Nelson de Sá às 21h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

12.3 TV cá: tragédias e chacinas

A escalada do "Jornal Nacional":

   Tragédia num shopping de Goiás: Pai e filha morrem na queda de um avião no estacionamento. Segundo bombeiros, era um sequestro.
   Chacina no Pará: Uma criança e um adolescente estão entre os mortos numa reserva indígena.
   Divulgadas imagens do ataque do atirador que matou 16 pessoas na Alemanha.
   Ronaldo Futebol Clube: Torcedores dos rivais do Corinthians confessam que vibram com a volta do Fenômeno.
   A crise no mundo: Nosso correspondente na Ásia mostra a vida na cidade mais cara do mundo, onde frutas podem ser oferecidas como um presente fino.
   A crise no Brasil: Quase um terço dos donos de cartões de crédito está com atraso na conta. Pesquisa descobre despesas que os brasileiros cortam primeiro.
   Se você não entende por que os juros não caem depois que o Banco Central reduz a Selic, veja no "Jornal Nacional".

E do "Jornal da Record":

   Um recado do matador: Atirador da Alemanha avisou na internet que ia atacar escola.
   O bilhete de Shirlei: Corpo de homem assassinado tinha mensagem ao lado que dizia “sexo é bom, mas mata”. 
   Rodovia da morte faz mais cinco vítimas em Minas. Há 15 anos, mulher perdeu o marido e o filho. Agora, a filha.
   Decisão do Supremo acaba com a proteção a vítimas que denunciam agressores.
   A gangorra da crise: Maioria dos acordos salariais superou inflação no ano passado, mas fevereiro registrou demissão recorde na indústria paulista.
   Gasolina deve ficar mais barata em três meses.
   Queda fatal: Soldado ferido por mina cai de helicóptero em Israel.
   Na reportagem especial, os vôos da saudade. Europeus vêm ao Brasil conhecer paisagens e rever pessoas.
   Príncipe Charles cai no samba no Rio de Janeiro.

Escrito por Nelson de Sá às 21h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De dois por cidade para um, talvez nenhum

O "NYT" destaca na capa a reportagem "Conforme as cidades vão de dois jornais para um, fala-se em zero".

"Seattle Post-Intelligencer" e "Tucson Citizen" devem deixar de circular "na próxima semana", enquanto Denver perdeu o "Rocky Mountain News" duas semanas atrás. Mas as três cidades ainda têm um segundo jornal. Economistas e executivos alertam agora que "é questão de tempo para alguma grande cidade americana ficar sem nenhum jornal local".

O "NYT" cita que "analistas dizem que outros grandes jornais entraram no vermelho recentemente, incluindo o 'Washington Post'".

Conservador novo - Por sites de mídia,  o editor de opinião do "NYT", Andrew Rosenthal, anuncia o novo colunista conservador, Ross Douthat, hoje na "Atlantic". Diz que "ele é engraçado, esperto, cortante". Que "é definitivamente conservador, republicano", mas também "iconoclasta".

E mais louco - O blog do E&P já avisa que Ross Douthat é um conservador mais para Rush Limbaugh e Sarah Palin do que para John McCain. E o "Village Voice" relaciona suas tiradas sobre celebridades e sexo, notando ser "mais louco" que o antecessor, William Kristol.

"Herói global" - O Gawker posta homenagem ao jornalista iraquiano que jogou dois sapatos em George W. Bush e foi condenado a três anos de prisão. O site saúda a justificativa de Muntader al-Zaifi (ter perdido o controle ao ver Bush "sorrindo aquele sorriso") e diz que "valeu a pena":

Escrito por Nelson de Sá às 11h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globo, Record e o Dia Nacional do Boicote

Foi marcado para amanhã um inusitado Dia Nacional do Boicote à Rede Globo, por tirar do ar "a voz que vinha do Nordeste brasileiro, a TV Diário", apelidada de TV do Nordeste. Mais precisamente, trata-se de um "Boicote Nordestino" ou cearense.

A coluna de Daniel Castro deu há duas semanas que, "por ordem da Globo, a TV Diário, afiliada que transmite programação regional e policialesca, não é mais sintonizada em todo o país por parabólicas". O motivo seria circunscrever os sinais de todas as afiliadas "aos seus territórios".

Daí a campanha, aberta antes em blogs vinculados à Record e que ganhou até manifesto, para o "boicote":

_ A TV do Nordeste era o único meio em que realmente os nordestinos se viam na TV, ausente de estereótipos fabricados por diretores preconceituosos sulistas, que diante de sua ignorância geográfica sempre trataram o Nordeste com desprezo.

Para esclarecer o que está em jogo, a coluna de Fabíola Reipert informa hoje que "a Record está tentando comprar a TV Diário".

A menor audiência - Ecoou dos sites de mídia ao Yahoo o levantamento de Cristina Padiglione mostrando que o "Jornal Nacional" perdeu 28% da audiência em uma década: de 39,3% em 2000 para 28,3% em 2009. E "teve a menor audiência de sua história" em janeiro e fevereiro.

No mercado - Por outro lado, Outro Canal publica que o faturamento do "BBB" cresceu 55%, "recorde histórico". E que "a Globo lançou o plano comercial da Copa de 2010", de "seis cotas a R$ 81,6 milhões cada uma".

Escrito por Nelson de Sá às 10h40

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Que crise?

O correspondente Andrew Downie foi até o Jardim Carumbé, no extremo da Vila Brasilândia, zona norte de São Paulo, fotografou e ouviu de Maria Irece da Silva, dona de uma pequena loja de cosméticos, uma avaliação da economia brasileira: "Os ricos falam da crise, os pobres, não".

No título do "cartão postal" da "Time", ontem, "Que desaceleração? Os negócios explodem nas favelas do Brasil".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de 12.3.

Escrito por Nelson de Sá às 09h57

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

12.3 jornais lá: fraude sobe, comércio cai

 

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Guardian". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Guardian" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ", "WP" e "Guardian" também no Newseum (por Estado, à esq.). Não vem sendo possível reproduzir a capa do "FT".

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily, "Guardian" e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

12.3 jornais cá: queda acelerada

Para as edições e capas originais, Folha, "Estado" e "Valor". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha OnlineGlobo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h24

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

11.3 TV lá: boas notícias em Wall Street

Escrito por Nelson de Sá às 21h15

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

11.3 TV cá: o maior corte... frustra

A escalada do "Jornal Nacional":

   O Banco Central promove a maior redução de juros em mais de cinco anos, 1,5 ponto percentual. A taxa básica passa a ser de 11,25% ao ano. Você vai ver a reação de trabalhadores e empresários à queda na taxa Selic.
   O tráfico de animais leva mais de 70 suspeitos para a cadeia em nove Estados.
   Um atirador ataca na Alemanha e o número de mortos em massacre chega a 16.
   Um atirador ataca nos Estados Unidos e o número de vítimas chega a uma dezena.
   O delegado Protógenes é convocado para depor na CPI das escutas.
   O presidente do Supremo defende que a polícia seja controlada pelo Judiciário.
   Morre em São Paulo o homem que tinha ficado com dois corações depois de um transplante.

E do "Jornal da Record":

   Morte na escola: Ex-aluno invade colégio e mata estudantes e policiais na Alemanha.
   Morte nas ruas: Nos Estados Unidos, homem assassina a mãe e a avó, pega o carro e mata em outras duas cidades.
   Operação em nove Estados prende quadrilha de traficantes de animais.
   A cocaína de Cumbica: Polícia investiga o que fazia no bando um policial civil.
   Promotores prendem dois homens de suposta rede de pedofilia em São Paulo.
   Europa e África apresentam medidas contra piratas que agem na costa do continente africano.
   Na reportagem especial, a beleza e os encantos do Rio de Janeiro.
   Crise não tira ânimo da nova classe média do Brasil.
   Após a queda do PIB, Banco Central baixa o juro. Corte menor do que dois pontos frustra expectativas de combate à recessão.

Escrito por Nelson de Sá às 21h05

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"F*** You"

Por aqui, a cobertura credita a crise à "marolinha", não aos banqueiros, economistas e colunistas que a estimularam.

Lá, o clima é de caça aos banqueiros, economistas e colunistas. E Jon Stewart segue, por assim dizer, na vanguarda:

A CNBC cedeu e Jim Cramer vai amanhã ao "Daily Show".

Escrito por Nelson de Sá às 11h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Lula por todo lado

Depois de artigo assinado e entrevista ao "Financial Times" e de entrevista à "Time", Lula dá entrevista hoje ao "Wall Street Journal".

O jornal destaca que ele "alerta contra protecionismo", citando a cláusula "Buy American" do pacote de estímulo. Que ele vai defender o acordo bilateral entre EUA e Colômbia. E que questiona que "o resto do mundo, sobretudo os mais pobres, fique com a conta da irresponsabilidade de banqueiros e de alguns líderes".

Registre-se que a decisão do banco Safra de "cobrir as perdas de alguns clientes" com o esquema Madoff tem mais destaque, hoje no "WSJ".

Dilma, Obama - Por aqui, a entrevista já ecoou no Painel, ressaltando que Lula "moderou seu otimismo" e "não mencionou Dilma Rousseff", e na BBC Brasil, que sublinhou a declaração de que a política de Barack Obama para o Brasil "será infinitamente melhor".

No ar - O Painel acrescenta que "em Nova York Lula dará entrevista ao programa da CNN ancorado pelo badalado jornalista Fareed Zakaria, da 'Newsweek'". E que o canal vai até "montar um estúdio no hotel Plaza, onde o presidente ficará hospedado".

FMLN - O Radar afirma que "por trás da virada na eleição em El Salvador está João Santana, marqueteiro de Mauricio Funes" e Lula. Em comercial da campanha, Funes diz que o brasileiro "demostrou que se pode fazer um governo popular, democrático e com distribuição":

Escrito por Nelson de Sá às 10h45

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A cúpula dos milionários

No alto da home do espanhol  "El País", "Cúpula de milionários na Colômbia", mais a explicação "os homens mais ricos da América Latina se reúnem em Cartagena para analisar o impacto da crise em seus negócios". Abrindo o texto, "poucas vezes o aeroporto viu aterrissar tanto avião privado".

Queriam "manter em segredo os nomes dos 15 magnatas", mas vazou.   O anfitrião é o colombiano Julio Santo Domingo. Entre os presentes, o mexicano Carlos Slim, "segundo homem mais rico do mundo, passeando pelas ruas de Cartagena" (na foto da AFP, acima), mais "o venezuelano Gustavo Cisneros, os argentinos Paolo Rocca, Federico Braun e Alfredo Román e os chilenos Andrónico Luksic e Alvaro Saieh".

E "também estão os brasileiros João Roberto Marinho, David Feffer e Antonio Moreira Salles".

Murdoch compra - Em meio à crise financeira e da imprensa americana, o "New York Observer" deu ontem que Rupert Murdoch, depois do "New York Post" e do "Wall Street Journal", tem agora mais um jornal na cidade de Nova York, "The Brooklyn Paper".

Jornal Novo - E o site Comunique-se noticiou que deve ser lançado no mês que vem pela editora Abril, para distribuição na cidade de São Paulo, o diário "Placar", com a contratação de uma pequena redação e tiragem de 80 mil exemplares.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de 11.3.

Escrito por Nelson de Sá às 09h44

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

11.3 jornais lá: Madoff culpado

 

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Guardian". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Guardian" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ", "WP" e "Guardian" também no Newseum (por Estado, à esq.). Não vem sendo possível reproduzir a capa do "FT".

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily, "Guardian" e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

113 jornais cá: recessão, recessão

Para as edições e capas originais, Folha, "Estado" e "Valor". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha OnlineGlobo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

10.3 televisão lá

Escrito por Nelson de Sá às 22h23

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

10.3 televisão cá

A escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   A economia brasileira sofre um baque. Um encolhimento de 3,6% no quarto trimestre de 2008. É o pior resultado dos últimos 13 anos. E supera as mais graves previsões dos efeitos da crise internacional no Brasil. Ainda assim, o ano fechou com crescimento de mais de 5%. E o governo afirma que não haverá recessão em 2009.
   Peritos da polícia examinam o elevador que feriu 11 pessoas em Belo Horizonte.
   Deputados prorrogam a CPI das escutas para investigar suspeitas contra o delegado Protógenes.
   Presos em Guantánamo confessam participação nos atentados de 11 de setembro de 2001.
   Uma explosão terrorista deixa 14 mortos no Sri Lanka.
   E em Guarulhos a Polícia Federal prende acusados de facilitar o tráfico de drogas no aeroporto de Cumbica.
 

E do "Jornal da Record":

   Dor no corpo e na alma: Crianças violentadas no interior paulista são discriminadas na escola. Metade dos casos de violência sexual atendidos em hospital de São Paulo é de meninas e meninos com menos de 12 anos.
   PIB cai quase 4% e o governo diz que resultado já era esperado. Oposição pede gabinete para enfrentar a crise.
   Polícia Federal desmantela esquema de tráfico internacional no aeroporto de Cumbica. A cocaína era embarcada em malas, direto no terminal de cargas.
   Na série “As belezas do Brasil”, luxo e elegância em Santa Catarina.
   Atentado suicida mata dezenas no Iraque.
   Dalai Lama completa meio século de exílio e acusa a China de transformar o Tibete em um inferno.

Escrito por Nelson de Sá às 22h15

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mais um

Os jornalistas do "Seattle Post-Inteligencer" já reportam anonimamente, inclusive com fotos, sobre "a última visita ao globo" no topo do prédio, oferecida pela direção à redação antes do fechamento do jornal, um dos mais tradicionais dentre os diários regionais americanos. Foi fundado em 1863.

Ainda sem anúncio oficial, a aposta anônima é de que a edição de amanhã seja a última do "P-I". Colunistas já começam a dizer adeus, entre enunciados como "Quem vai questionar o poder?", agora.

PS - O grupo Hearst comunicou que "a decisão não foi tomada" ainda sobre vender, fechar ou manter só digital o "P-I".

"Top 10" - E a "Time", com o site 24/7 Wall St., já indica os próximos jornais regionais a desaparecer ou abandonar o papel nos EUA, depois do "Rocky Mountain News" e agora, "quase certamente", do "P-I":

1. "Philadelphia Daily News"
2. "Minneapolis Star Tribune"
3. "Miami Herald"
4. "Detroit News"
5. "Boston Globe"
6. "San Francisco Chronicle"
7. "Chicago Sun-Times"
8. "New York Daily News"
9. "Fort Worth Star-Telegram"
10. "Cleveland Plain Dealer" 

Colchão - Já o "New York Times" anuncia ter fechado a venda de seu prédio recém-inaugurado para uma empresa de investimentos, por US$ 225 milhões, "parte das medidas para diminuir dívidas e aumentar seu colchão financeiro em meio à queda drástica para a indústria de jornais."

Escrito por Nelson de Sá às 11h42

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

40% da Globo

Flávio Ricco informa no UOL que, com os números de janeiro e fevereiro fechados, a Record tem hoje, "no primetime, 40% do tamanho da Globo".

Por primetime ou horário nobre, entendam-se as telenovelas. Patrícia Kogut registrava ontem no Globo Online as audiências mais recentes, sexta e sábado, das novelas das seis, das sete e das oito:

"Negócio da China" - 17 e 19
"Três Irmãs" - 21 e 18
"Caminho das Índias" - 32 e 30

Ricco registra que "Negócio da China", em especial, está chegando ao fim e, "alvo de grande investimento e recheada de problemas desde o início, não correspondeu em momento nenhum. É para esquecer".

Só Ronaldo salva - Mas "Ronaldo dispara ibope da Globo e derruba Record", informou Ricardo Feltrin já no domingo, no UOL, sobre os 34 pontos do jogador no fim da transmissão. Ato contínuo, "a Globo entrou na disputa pelos direitos da Liga dos Campeões" da Europa, hoje da Record, registra Ricco.

Warner TV - Por outro lado, "Globo e Record nunca esconderam o interesse em fechar com a Warner", mas o estúdio americano "está muito bem amarrado com o SBT", com participação diária na grade. Seu "peso na vida do SBT" é tanto que, dos filmes recém-anunciados para a temporada, 79% são da Warner.

Escrito por Nelson de Sá às 10h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O futuro do capitalismo

Do "Financial Times", abrindo a série "O futuro do capitalismo", com textos dos "maiores políticos, pensadores e analistas financeiros do mundo":

O modelo de livre mercado que dominou o pensamento por 30 anos foi desacreditado. O Estado está de volta aos negócios e a sobrevivência de uma economia mundial aberta está em questão. Para onde ir?

Para não deixar dúvidas, mais à frente:

A fé na ideologia do livre mercado que dominou o pensamento ocidental por uma geração foi destruída. Mas o que pode e deve tomar seu lugar?

Editorial e Martin Wolf abriram a série e ontem apareceu no alto da home o link "Lula da Silva: O futuro dos seres humanos é o que importa". Ele escreve de sua mãe, do sindicato de São Bernardo, para argumentar que, "para mim, o capitalismo nunca foi abstrato".

E para indicar "o futuro do capitalismo" na recompensa à produção, não à especulação; sem protecionismo no comércio internacional; com um sistema democrático de governança global etc.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de 10.3.

Escrito por Nelson de Sá às 09h45

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

10.3 jornais lá

 

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Guardian". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Guardian" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ", "WP" e "Guardian" também no Newseum (por Estado, à esq.). Não vem sendo possível reproduzir a capa do "FT".

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily, "Guardian" e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

10.3 jornais cá

Para as edições e capas originais, Folha, "Estado" e "Valor". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha OnlineGlobo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h10

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

9.3 televisão lá

Escrito por Nelson de Sá às 21h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

9.3 televisão cá

A escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Uma investigação da Polícia Civil revela ações de um esquadrão da morte em São Paulo.
   Dinheiro curto das Forças Armadas reduz o número de recrutas em 2009.
   Hospital das Clínicas de São Paulo aprova alternativa para cirurgias de laqueadura.
   Barack Obama libera o uso de dinheiro público do governo federal para pesquisas com células-tronco.
   Estudo inédito mostra o aumento impressionante da ocorrência de raios no Brasil.
   Tornados provocam prejuízos no interior de Santa Catarina.
   A Coréia do Norte ameaça com guerra qualquer país que tentar impedir o teste de um míssil.
   Sem-terra promovem protestos e invasões em sete Estados.
   Denúncias contra o delegado Protógenes podem prolongar a CPI das escutas.
   Nossos correspondentes mostram a repercussão internacional do gol de Ronaldo pelo Corinthians. Ele vai conversar com a gente, ao vivo, sobre esse reencontro com o futebol.
   Se você acha que já viu tudo sobre contrabando na fronteira Brasil-Paraguai, você vai se surpreender.

E do "Jornal da Record":

   Matadores fardados: Denúncia do "Jornal da Record" chega à Justiça. Indiciados 15 PMs e um comerciante por formação de grupo de extermínio.
   Sem segurança: São Paulo sofre três arrastões em prédios e apartamentos.
   Mulheres da Via Campesina fazem invasões de protesto.
   Delegado da PF acusado de espionar políticos se defende pela internet.
   Tornado atinge Santa Catarina e águas voltam a castigar o Estado.
   Coréia do Norte põe exército em alerta contra a Coréia do Sul.
   Obama libera verbas para pesquisas com células-tronco vetadas por Bush.
   A boneca Barbie completa 50 anos com corpinho de 18.
   Na reportagem especial, as belezas do Brasil. A viagem começa em Pernambuco.

Escrito por Nelson de Sá às 21h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama e a mídia

O "New York Times", depois de ser passado para trás por "Washington Post" e outros, que conseguiram entrevistas antes com Barack Obama, falou com o presidente durante 35 minutos na sexta, no Air Force One, e postou já no sábado. Na manchete de domingo, no papel, destacou que Obama se dispõe a conversar até com facções do Taleban.

De mídia, o que mais ecoa da entrevista é a sequência sobre o que ele está lendo, hoje. Lembra entrevista recente de Lula. O trecho é reproduzido em áudio na página, na passagem "What are you reading these days?". Abaixo, uma tradução:

O que você está lendo agora? Que tipo de jornais lê, você lê recortes, lê os próprios jornais, você assiste à televisão?
Fora o "New York Times"?
Fora o "New York Times". Você lê sites? Que sites você olha?
Eu leio a maioria dos grandes jornais de âmbito nacional.
Você os lê em recortes ou no papel?
Não, eu leio no papel. Eu gosto da sensação de um jornal. E eu leio a maioria das revistas semanais. Posso não ler de capa a capa, mas eu as folheio. Sabe, eu gasto a maior parte dos meus dias hoje lendo muitos "briefings".
E televisão? Você assiste? E sites?
Eu não assisto a muita televisão, eu confesso.
E sites? Nenhum blog?
Eu raramente leio blogs.
Nenhum reality show com suas meninas?
Não. Elas assistem, mas eu não me junto a elas. Eu assisto ao basquete. É o que eu vejo.

O blog Huffington Post já saiu resmungando que ele "não falou a verdade" ao afirmar que não lê blogs.

Mas viral mesmo, desde sábado, é "The Rock Obama", o esquete do "Saturday Night Live" sobre o presidente, mostrando o que vai acontecer quando ele perder a calma:

Escrito por Nelson de Sá às 10h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Jornal Nacional", 40

Mônica Bergamo informa que a mulher de Cid Moreira, apresentador do "JN" por 27 anos, desde a estreia em 1º de setembro de 1969, prepara a biografia do locutor. E cita um episódio:

_ Certa vez, quando dirigia atrasado rumo à Globo, ele não percebeu que os veículos à sua frente estavam sendo assaltados. Irritado, colocou a cabeça para fora do vidro e soltou a voz: "Vamos logo, eu estou atrasado para o 'Jornal Nacional'!". Foi liberado.

Para a história, os três longos minutos que marcaram a vida do apresentador, em 1994, pouco antes de deixar o "JN":

"Domingão do Faustão", 20 - Outro Canal noticia que "não haverá programa autocomemorativo dos 20 anos do 'Domingão'", que estreou em 26 de março de 1989. O apresentador, que negocia renovação, e a Globo "chegaram à conclusão que seria 'over'".

"Dá Cá" - Zapping noticia que a Record "quer tirar Miguel Falabella da Globo" e oferece "carta branca para o que quiser: novela, seriado, talk show". Mas a ideia é uma versão de "Toma Lá Dá Cá". Diretores da Universal "já estariam atrás do valor do salário e da multa de rescisão".

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Guerra santa

Do "Jornal da Record" de quarta-feira ao "Domingo Espetacular" de ontem, a rede de televisão da Igreja Universal entrou em campanha para tirar proveito do repúdio católico ao aborto da menina de 9 anos. Na manchete de sexta, por exemplo: "O Brasil e o mundo discutem a excomunhão de responsáveis por aborto. De um lado, a Igreja Católica. De outro, a sociedade e o governo". E, com a sociedade e o governo, a Universal.

A rede de Edir Macedo também fechou esta semana, informa o site Comunique-se, como alvo de uma ação do Ministério Público Federal por "ofender religiões de matriz africana". Na denúncia, "o abuso contraria a dignidade da pessoa humana, bem como os objetivos de construção de uma sociedade livre, justa e solidária".

O bispo vem de lançar o livro "Plano de Poder" (acima).

Portal - Segundo o Radar de Lauro Jardim, "a Record está criando um megaportal de notícias", com vídeo, para concorrer com o G1, da Globo.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de 9.3.

Escrito por Nelson de Sá às 08h21

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

9.3 jornais lá

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Guardian". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Guardian" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ", "WP" e "Guardian" também no Newseum (por Estado, à esq.). Não vem sendo possível reproduzir a capa do "FT".

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily, "Guardian" e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

9.3 jornais cá

Para as edições e capas originais, Folha, "Estado" e "Valor". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha OnlineGlobo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

8.3 revistas cá

 

Para as edições e capas, Veja, CartaCapital, Época e IstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 11h59

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

8.3 jornais lá

Para as edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "China Daily" e "Observer". "NYT", "WSJ" e WP" também no NewStand. "WP", "China Daily" e "Observer" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). Capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.). Não foi possível reproduzir a capa do "FT" deste fim de semana.

Para os sites, NYT, WSJ, WP, China Daily, "Observer" e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 11h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

8.3 jornais cá

Para as edições e capas originais, Folha e "Estado". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Globo" e "Estado" também no PressDisplay (lista por país, à esq.) e no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online e Estadao.com.br.

Escrito por Nelson de Sá às 11h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores
Blog da coluna "Toda Mídia" (assinantes Folha e UOL), de segunda a sexta, pela manhã, escrito pelo jornalista Nelson de Sá.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.