Toda Mídia
Toda Mídia
 

Tortura OK, meio ambiente não

Escrito por Nelson de Sá às 22h39

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Escândalo no Congresso, no MST, na polícia paulista

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Descoberta da comissão de sindicância. Uma agência clandestina de viagem funciona dentro da Câmara dos Deputados.
   O presidente do Paraguai diz que é mesmo pai e pede desculpas pelo escândalo.
   Um mês para o início da retirada americana. E o terror da Al Qaeda ataca na entrada de uma mesquita no Iraque.
   Mortes no México. A Organização Mundial de Saúde convoca reunião de emergência por causa da gripe suína.
   Um bebê sobrevive depois de ser arrastado fora de um carro por um quilômetro em Maceió.
   No Rio de Janeiro, um gênio brasileiro do esporte recebe homenagem atrasada.
   O desemprego cresce pelo terceiro mês seguido no Brasil.
   Anunciado o reajuste dos planos de saúde para seis milhões de associados.
   Se você pretende comprar um carro neste fim de semana ou trocar de operadora de telefonia levando o seu número atual, você não pode perder agora o "Jornal Nacional".

E do "Jornal da Record":

   Terra e riqueza. Nova denúncia de desvio de verba em entidades de assentados envolve lojas de material de construção.
   Alvo de escândalos, o poderoso Departamento de Narcóticos de São Paulo já não é mais o mesmo.
   Tragédia portenha. Argentino mata namorada brasileira em Buenos Aires.
   Salvo pela cadeirinha. Escapa com vida o bebê arrastado fora de carro após assalto.
   Ex-major da PM abusa de três garotas e mata uma.
   Chinês é encontrado morto na Austrália. Ele foi assassinado a prego com martelo elétrico.
   Na reportagem especial, os vencedores. Eles estavam sozinhos no mundo e viraram o jogo.
   A nova face da fama. Escocesa que venceu concurso de calouros muda visual para encarar o sucesso.

Escrito por Nelson de Sá às 22h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A velha manipulação, refinada

A nova edição da "Nation" se pergunta se o "Wall Street Journal" perdeu sua "alma". Mais precisamente, se o "novo regime" sob Rupert Murdoch estaria "politizando a notícia", ainda que em manipulação mais refinada do que na Fox News ou no "New York Post".

Entrevistado, o editor do "New York Times", Bill Keller, comenta que agora a primeira página do concorrente "em alguns dias é Financial Times" mas "em outros é um tablóide populista".

Na Slate, o colunista de mídia identifica um ponto de inflexão na manchete de terça-feira, sobre uma suposta espionagem chinesa que teria comprometido um projeto de jato militar _em meio ao lobby contra o corte nas encomendas do mesmo por Obama. A própria reportagem dizia que nada importante vazou. Para Jack Shafer:

_ A tentativa dos editores de fazer a notícia parecer maior só faz o "Journal" parecer menor.

Escrito por Nelson de Sá às 10h44

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Japonés-brasileño"

No peruano "El Comercio", sob o título "El Perú eligió el estándar japonés-brasileño para la TV digital", o ministro de Transportes e Comunicações anunciou ao lado do enviado japonês que é o primeiro país do mundo, depois de Japão e Brasil, a assumir o padrão adotado aqui sob controvérsia.

Segundo o site Tela Viva, foi "depois de um período de avaliação que envolveu todos os outros padrões".

De volta aos lobisomens - As colunas Rádio e TV e Outro Canal informam que a Record vai aumentar a participação de "mutantes" para tentar recuperar a audiência de "Promessas de Amor". A Record caiu de 13,2 pontos em março para 9,8 em abril, no horário da novela.

Em disputa pela África - O Blue Bus, via Briefing, informa que a Record inaugurou ontem instalações em Luanda com "tecnologia de ponta e profissionais qualificados para produção e pós-produção" de programas como "Mangolê de Sucesso" e outros, inclusive de jornalismo.

Escrito por Nelson de Sá às 09h28

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O pior continua

Com a pergunta "Um vislumbre de esperança?" e ilustração, a "Economist" aborda "os perigos do otimismo". Em suma, "a pior coisa para a economia global seria presumir que o pior acabou". O alvo do alerta é a reunião de ministros de finanças no FMI e no Banco Mundial, amanhã em Washington.

E a "Vanity Fair" diz "Por que Time e Newsweek nunca serão Economist". Para começar, "elas não entendem o que é a "Economist", com seus "fatos essenciais" e sua interpretação "significativa", útil sobretudo para "a turma do dinheiro", os investidores.

Na manchete do "Valor" para entrevista com o presidente do FMI, ontem, "Crise ameaça bancos da AL, diz Strauss-Kahn". Seu alerta: "Se a desaceleração continuar, até bancos da América Latina vão carregar ativos tóxicos". O mesmo "Valor" traduziu texto do "Financial Times" questionando "o que acontece com o FMI?", que "nega luz de esperança".

Já o "Washington Post" deu que o "Banco Mundial lança estímulo para países em desenvolvimento", quase "dobrando seu financiamento para estradas, pontes e infraestrutura da América Latina", Brasil inclusive, "ao Leste Europeu". Envolve US$ 55 bilhões e busca manter empregos e investimentos que o setor privado abandonou, na crise.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 08h39

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cem dias depois, um vislumbre de esperança?

 

Para as edições e capas, "Time" e "Economist".

Escrito por Nelson de Sá às 08h34

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Chrysler perto da falência, Fiat agora quer GM

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 08h27

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mendes na foto vs. Barbosa na foto

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h16

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Serra nega resistência à casa de Lula

 

 

Para edições e capas,"Super Notícia", "Agora", "Extra" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, O Tempo Online ("SN"), Folha Online ("Agora"), Extra Online e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h13

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tortura, tortura, tortura

Escrito por Nelson de Sá às 20h41

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Bom para a democracia"

Escalada de manchetes do "Jornal da Record":

   O retrato da saúde no Brasil. Pacientes à beira de um ataque de nervos. E quem devia proteger agride.
   Bate-boca no Supremo. Presidente da corte nega crise, ministro que criticou se cala e Lula diz que não pegou bem, mas é bom para a democracia.
   Candidato favorito festeja vitória parcial na África do Sul. Problema é saber qual das duas mulheres dele será a primeira-dama.
   Cai a inadimplência de pessoas físicas nos financiamentos. O número de cheques devolvidos bate recorde.
   Na reportagem especial, os caminhos cruzados de quem se vê sozinho no mundo. Dois jovens, o mesmo abandono e destinos muito diferentes.

E do "Jornal da Band":

   A farra das passagens aéreas na Câmara. Medidas agora terão que ser aprovadas no plenário.
   Gilmar Mendes diz que bate-boca com ministro do Supremo Tribunal Federal não afeta imagem do Judiciário. Para o presidente Lula, confronto não abriu crise institucional.
   Ex-prefeito Celso Pitta se entrega em São Paulo para cumprir prisão domiciliar por atraso na pensão da ex-mulher.
   Reencontro emocionante. Menina adotada por casal na Europa volta ao Brasil para conhecer mãe biológica.
   Fuga em massa de delegacia superlotada em Curitiba. Vinte e nove presos escapam por buraco no teto.
   Polícia identifica 145 pichadores em Goiânia. Jovens serão obrigados a indenizar quem teve imóvel danificado.
   Na série Cheias do Amazonas, o drama dos ribeirinhos que se recusam a sair de casa nas cidades inundadas.

Escrito por Nelson de Sá às 20h39

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Rupert Murdoch tenta salvar o MySpace

Na submanchete do "Wall Street Journal", os fundadores do MySpace "deixam o site pioneiro que tornou as redes sociais um fenômeno, enquanto a News Corp. busca revigorar o bem que um dia já foi quente".

O "WSJ", que também é da News Corp. de Rupert Murdoch, afirma que o grupo "quer mostrar que um grande conglomerado, com portfólio que abrange muitos bens de velha mídia incluindo jornais, pode ter êxito" e tornar lucrativo um setor que "explodiu em popularidade" mas "luta para gerar receita". Para tanto, contratou Jon Miller, ex-AOL, e tenta fechar com Owen Van Natta, ex-Facebook.

O "New York Times", em sua reportagem, sublinha que o MySpace foi ultrapassado pelo Facebook em usuários globais e que agora a novidade "quente" no setor é o Twitter.

O Huffington Post, antes, noticiou a parceira entre MySpace e Fox News, também na News Corp., para estimular relatos de "jornalismo cidadão" no site com a promessa de veiculação no canal de notícias.

Escrito por Nelson de Sá às 11h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globo, o tabu e o vale-tudo

Do ministro da Secretaria de Comunicação Social, jornalista Franklin Martins, ex-Globo, sobre a 1ª Conferência Nacional de Comunicação, no site Tela Viva:

_ Não tem tema tabu. O governo, ao convocar a conferência, faz uma aposta de que o diálogo irá trazer resultados.

E do ministro das Comunicações, jornalista Hélio Costa, ex-Globo, no site Comunique-se e no Tela Viva:

_ Não existe tema tabu e absolutamente nenhuma restrição. Todos os assuntos podem ser abordados. O governo não tem preferência e quer uma discussão aberta, democrática e ampla... Percebemos que ou damos o primeiro passo ou não fazemos nada.

Vale-tudo 1 - Em "longa ação comercial", com "o merchandising mais inusitado da história" da Globo, a maionese Hellmann's foi o próprio tema do "Toma Lá Dá Cá" de terça. Segundo a diretora de merchandising da rede, "a gente passou um briefing ao Miguel Falabella e ele viajou".

Vale-tudo 2 - O Conar acatou na segunda uma contestação da Nova Schin contra a Brahma, pelo comercial em que Ronaldo se diz "brahmeiro", e a agência África já fez alterações, com a troca para "guerreiro". O problema seria "o apelo que Ronaldo tem em relação aos jovens".

Escrito por Nelson de Sá às 10h49

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Viral

Em instantes, o bate-boca de ontem na TV Justiça saiu dos comentários de blogs como Luis Nassif Online para incontáveis vídeos no YouTube. O ministro Joaquim Barbosa condenou Gilmar Mendes por estar "na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro".

O "Jornal Nacional" interveio depois, insinuando que o confronto teria começado porque Barbosa faltou a uma sessão. Mas também espalhou as imagens e a condenação.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h51

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA sem mobilidade social, pela crise

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Gilmar Mendes vs. Joaquim Barbosa

 

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

José Serra vs. Lula

 

Para edições e capas,"Super Notícia", "Agora", "Extra" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, O Tempo Online ("SN"), Folha Online ("Agora"), Extra Online e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 09h13

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na Fox News, mas contra a tortura

Escrito por Nelson de Sá às 21h59

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globo e Record, juntas contra o MST

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   A Confederação Nacional da Agricultura pede intervenção federal no Pará. O motivo é o não-cumprimento de ordens judiciais de reintegração de posse de terras invadidas.
   Uma sessão tensa termina com ofensas entre ministros no Supremo Tribunal Federal.
   O Congresso anuncia medidas para acabar com abusos nas viagens de avião.
   A Agência Nacional de Aviação Civil autoriza descontos abaixo do preço mínimo dos vôos internacionais.
   No Paraguai, mais uma mulher diz ser mãe de um filho do presidente Lugo.
   Nossos repórteres mostram como foi a eleição na África do Sul.
   O novo modelo brasileiro de certidão de nascimento.

E do "Jornal da Record":

   O dinheiro do MST. Promotores investigam desvio de verbas públicas pelo movimento em São Paulo.
   O escândalo das passagens. Após sucessão de denúncias, Câmara tenta limitar as viagens dos deputados.
   Era só um acidente. Engenheiro bate em carro, discute, tenta fugir e é morto com nove tiros.
   Com presídios superlotados, juiz manda preso cumprir pena em casa.
   Um, dois, três. Mais uma mulher diz que teve filho com o presidente do Paraguai. Ele era bispo católico e a criança se chama João Paulo, em homenagem ao papa.
   Eleições da África do Sul. Aos 90 anos de idade e com a saúde fragilizada, o ex-presidente Nelson Mandela fez questão de votar nesta quarta-feira.
   Que papelão, Pepe. Brasileiro naturalizado português agride adversário em jogo do Real Madrid.
   Na reportagem especial, as mulheres que trabalham como mães sociais e os jovens que constroem um passado para enfrentar o futuro.

Escrito por Nelson de Sá às 21h57

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Economia não, escândalo sexual sim: é um começo

Sobre o prêmio Pulitzer para o jornalismo americano em 2008, que deixou a imprensa e sobretudo o "New York Times" em festa, devidamente relatada em páginas de Twitter e pelo Editor & Publisher, o sarcástico Gawker sublinhou duas novidades:

_ Reportagens sobre economia: nem um maldito prêmio. E era uma cobertura importante, no ano passado!

_ Nós estamos bastante animados que dois escândalos sexuais entraram na lista: a reportagem do "NYT" sobre as prostitutas do promotor Eliot Spitzer e "sexting" que derrubou o prefeito de Detroit, Kwame Kilpatrick. Já é um começo.

Escrito por Nelson de Sá às 11h14

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

1ª Babel Nacional de Comunicação

O site Tele-Síntese destaca que o "Diário Oficial" de hoje indicou as 26 entidades que vão compor a comissão organizado da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, em dezembro, a ser presidida por Hélio Costa.

Começa por Casa Civil, ministérios, Senado, Câmara. E passa para a sociedade civil, com Abert, Abra, ANJ, Aner e outros, de um lado, e organizações de mídia comunitária e democratização da comunicação, Fenaj, Intervozes e outros, do lado oposto.

Escrito por Nelson de Sá às 10h35

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dinheiro não é problema, para o Espírito Santo

Da coluna de Flávio Ricco, no UOL:

_ A Record pagou US$ 60 milhões pela Olimpíada de Londres, em 2012. Já negociou com TV paga e internet, levantando US$ 38 milhões. Tem ainda o que vai sendo auferido com a venda do pacote comercial. As chances de prejuízo, ao que parece, não existem... Tudo será feito pela Record para conseguir os direitos de 2016. A fonte é muito segura: a oferta pode chegar aos US$ 100 milhões. Como dinheiro não é problema, fala-se em questão de honra.

E do blog de Lauro Jardim, na Veja.com:

_ Edir Macedo resolveu passar a sacolinha via internet. Em seu blog, quis "dividir com os internautas assunto extremamente importante". Falava de dinheiro... Diz que o site custa R$ 107.622,00 por mês. Pede a contribuição para "este trabalho evangelístico via internet...  se o Espírito Santo lhe tocar". E fecha o post disponibilizando o link para doação e os dados bancários da Igreja Universal.

Marketing - Entre as ações de marketing para divulgar "X-Men Origens: Wolverine", filme que estreia semana que vem, o site Adnews informa que a MPM programou intervenções em "bumper" sobre diversos programas da Record, como "Hoje em Dia" e "Domingo Espetacular". A tela "será rasgada pelas garras do anti-herói mutante".

Sem apelo - Colunas e blogs relatam que, um mês após a estreia, "Promessas de Amor" ainda "não decolou" na Record, com um dígito no horário nobre. E o "Domingo Espetacular" ficou "novamente em terceiro lugar, virou só mais um" após se tornar "programa policial".

Escrito por Nelson de Sá às 10h16

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um lugar privilegiado

Às vésperas da viagem a Buenos Aires, Lula deu longa entrevista ao argentino "La Nación", sob o título, entre aspas, "Não posso imaginar Brasil e Argentina separados". Ao lado, fala ao jornal em foto de Eraldo Peres.

O texto principal de Ricardo Carpena abre descrevendo Lula como "o homem que conquistou um lugar privilegiado junto aos mandatários mais influentes do mundo". E pergunta, para começar a entrevista de uma hora e meia, o que seria dele se tivesse nascido no norte da Argentina. Na resposta, "Certamente eu teria sido peronista, porque todo mundo era". O jornal dá "três razões para prestar atenção" em Lula: ele é um "líder sem fronteiras", "um negociador nato" e levou "pragmatismo ao poder". Abrindo outro texto, o enviado diz que, "se fosse brasileiro, votaria nele".

Ecoou na China via Xinhua, no "Diário do Povo".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h31

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Em lento avanço contra "abuso", "táticas duras"

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Transparência sim, mas pagando mais

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Caixa dá casa, geladeira, fogão...

 

Para edições e capas,"Super Notícia", "Agora", "Extra" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, O Tempo Online ("SN"), Folha Online ("Agora"), Extra Online e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h47

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Americanos que ainda defendem a tortura

Escrito por Nelson de Sá às 21h09

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Imposto de Renda na última hora

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   A pressão dá resultado. E o presidente da Câmara admite limitar a cota de passagens aéreas apenas para os deputados.
   A falta de preparo para enfrentar uma superbactéria. Hospitais brasileiros têm três vezes mais infecções do que a Organização Mundial de Saúde aceita.
   Câmeras de um posto de saúde abrem uma polêmica. Filmar médicos e pacientes é controle de qualidade ou invasão de privacidade?
   A polícia do Pará começa operação para prender armas nas áreas de conflito de terra.
   Julgamento histórico nos Estados Unidos. Pirata dos tempos modernos pode pegar prisão perpétua.
   Guerra de palavras. Depois de chamar Israel de racista, o presidente do Irã é comparado a Hitler.
   A crise econômica chega às quadras e dois times de vôlei feminino são desfeitos.
   21 de abril. As comemorações no Dia de Tiradentes.

E do "Jornal da Record":

   Mais da metade dos contribuintes ainda não entregou a declaração de Imposto de Renda. O prazo se encerra em dez dias.
   Passagem livre. Apesar dos assaltos constantes, nossos repórteres comprovam que é muito fácil entrar nos condomínios de luxo de São Paulo.
   Menor rouba celular e é agredido pela vítima e pela polícia.
   Na reportagem especial, a força da família na recuperação de jovens infratores.
   Polícia apreende maconha em terras indígenas do Pará.
   A luta contra a crise. Bancos oficiais vão financiar compras no varejo.
   Concessionárias vendem até carro que ainda não foi fabricado.
   O amor está no ar. Apresentadora é pedida em casamento, ao vivo, pela TV.

Escrito por Nelson de Sá às 21h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Jornais e o conteúdo pago, cá também

Na manchete do Meio & Mensagem, "Web força jornais a rever modelos digitais", com o debate sobre acesso gratuito ou pago chegando ao país. Ricardo Pedreira, diretor executivo da Associação Nacional de Jornais:

_ Como a publicidade no meio internet não está consolidada, está acontecendo uma correção de rumo. A grande maioria das empresas agora entende que é importante cobrar pelo conteúdo.

Segundo o superintendente do Grupo Folha, Antonio Manuel Teixeira Mendes, o modelo vigente corre risco de "travamento" caso os produtores de conteúdo não sejam acomodados em um sistema economicamente viável também para eles:

_ Há muitos players ganhando dinheiro no universo digital, como as empresas de telecom, tecnologia e plataformas. Mas as pessoas acessam a internet motivadas pelo que aparece na tela e não pelo que está por trás dela. Portanto, o que aparece na tela tem de estar monetizado e ser devidamente remunerado.

Escrito por Nelson de Sá às 11h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Nem com Roberto e "reality show" de transplante

Do Radar On-line, ontem:

_ A edição do "Fantástico" foi histórica: o menor ibope da história do programa, que foi ao ar em 1973.

E do site Rádio e TV, da Jovem Pan, ontem também:

_ O que aconteceu? Os números preliminares mostram um dos piores resultados do "Fantástico", que exibiu trecho do show de Roberto Carlos e a série sobre transplantes que recorre à linguagem dos "reality shows" para prender o telespectador... A medição minuto-a-minuto mostra que a estreia do "Repórter Record" conseguiu tirar alguns pontos das concorrentes. Roberto Cabrini abortou tráfico de mulheres e prostituição e recorreu a câmeras escondidas.

Globo+Fraga+Nizan - O site Propaganda & Marketing informa que a Globo "está mantendo negociações com a Time 4 Fun, para acordo operacional ou até entrar na sociedade". A rede "poderia estar adquirindo os 20% de Armínio Fraga" na empresa, também associada a Nizan Guanaes. A Time 4 Fun produz Cirque du Soleil, bancado pela Lei Rouanet, e Roberto Carlos.

Disputa olímpica - O blog Canal 1 informa que a Globo, "fora da Olimpíada de 2012 em Londres", vai escalar Galvão Bueno, Cleber Machado e outro na cobertura do evento pelos canais SporTV. "Será a Globo, mas em endereço diferente." Globo que vai enfrentar a Record na disputa pelos direitos da Olimpíada de 2016, "que tem o Rio como candidato a sede".

Escrito por Nelson de Sá às 11h37

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Escuta telefônica & escândalo, lá também

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E tome crédito para eletrodoméstico

Para edições e capas, Folha e "Estado". Com acesso restrito, "Globo". Folha, "Estado" e "Globo" também no PressDisplay (por país, à esq.) e no Newseum (por país, à esq.). Hoje não circula o Valor.

Para os sites, Folha Online, Estadao.com.br e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h35

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fogão e geladeira

 

 

Para edições e capas,"Super Notícia", "Agora", "Extra" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, O Tempo Online ("SN"), Folha Online ("Agora"), Extra Online e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 09h19

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

DNA, a revolução, a nova medicina...

 

Para as edições e capas, Veja, CartaCapital, Época e IstoÉ.

Escrito por Nelson de Sá às 08h30

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores
Blog da coluna "Toda Mídia" (assinantes Folha e UOL), de segunda a sexta, pela manhã, escrito pelo jornalista Nelson de Sá.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.