Toda Mídia
Toda Mídia
 

A reabertura da coroa da estátua da Liberdade...

Escrito por Nelson de Sá às 02h38

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O quinto caso (e mais suspeitos) de gripe suína

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional" de 8.5:

   Ministério da Saúde anuncia número maior de casos suspeitos da gripe suína. Aumenta a vigilância nas fronteiras e o controle em aeroportos e aviões.
   Hidrelétricas param por falta d’água no Rio Grande do Sul.
   Flagelados da chuva têm medo da ação de saqueadores no Nordeste.
   A maior montadora de carros do mundo tem maior prejuízo anual da história.
   Assaltantes atacam posto bancário dentro do quartel-general do Exército.
   Na Câmara, o deputado que está se lixando para a opinião pública fica em situação difícil.
   Um ex-diretor do Senado será investigado pela Polícia Federal.
   Bento 16 começa pela Jordânia visita ao Oriente Médio.

E do "Jornal da Band":

   Santa Catarina confirma quinto caso de gripe suína no Brasil. Sobem para 30 os casos suspeitos de gripe suína no país. Paciente isolado no Rio de Janeiro receia ter contaminado outras pessoas. Medo da doença provoca discriminação contra brasileiros que voltaram do México.
   Canadá é terceiro país a registrar morte por causa do vírus. Estados Unidos já tem o maior número de casos confirmados no mundo.
   Ladrões de paletó e gravata assaltam banco no quartel-general do Exército, em Brasília.
   Compra de apartamento milionário para ex-arcebispo abre crise na igreja do Rio de Janeiro.
   Vazamento de gás provoca explosão nos Estados Unidos e sete pessoas ficam feridas.
   Candidatas apostam em curvas generosas em busca de título de Miss Brasil 2009.
   Chuvas no Nordeste deixam mais de 200 cidades em emergência. Prejuízos chegam a R$ 1 bilhão.
   Bolsa de Valores completa nove semanas em alta para alegria de quase um milhão de brasileiros.

Escrito por Nelson de Sá às 02h33

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E agora essa

Saiu hoje a circulação dos jornais londrinos em abril e o tradicional vespertino "Evening Standard" caiu 6,4% em um ano, no destaque do Media Guardian, para 263 mil exemplares diários.

Comprado há dois meses pelo magnata das privatizações russas Alexander Lebedev, o jornal lançou nesta semana uma campanha em ônibus e metrô para reagir à queda nas vendas. Pesquisa encomendada pelo novo publisher mostrou que os londrinos o consideram "muito negativo". Daí os cartazes "Sorry", por perder contato, ser complacente, não levar o leitor em consideração.

No comentário de Julio Hungria, no Blue Bus, "e agora essa. Um jornal que lança uma campanha para pedir desculpas".

Por outro lado, saiu no Omblog, o blog do ombudsman do "Washington Post", e ecoou no Romenesko:

_ Raramente passa um dia sem leitores irados me dizendo que cortaram a assinatura porque o jornal é muito enviesado. Mas até aqui, neste ano, o departamento de circulação relata que só 1% citou "viés" como razão para um cancelamento.

No primeiro trimestre, nos dias de semana, a circulação do cada vez mais democrata "WP" até cresceu, 0,7%.

Escrito por Nelson de Sá às 11h56

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hulu vem aí

O "Financial Times" noticia que o serviço de vídeo on-line Hulu, hoje o segundo maior, só atrás do YouTube, assinou seus primeiros acordos no exterior, com a indiana Saavn e a holandesa Endemol:

_ É o primeiro passo para o lançamento mundial do serviço.

Reunindo as gigantes NBC Universal, Fox e Walt Disney, o Hulu foi lançado um ano e meio atrás e, por enquanto, tem acesso restrito aos EUA. "Estamos negociando com os seis a oito principais mercados", diz um diretor. "Estamos lançando as bases."

Bandas largas - Tele.Síntese e Telecom Online destacam a aprovação do economista João Rezende para a Anatel. Ele "defendeu a fusão da Oi/Brt" e sobretudo "a mudança no fundo de telecomunicações, Fust, para que os recursos possam ser usados na expansão da banda larga". Foi elogiado por Delcídio Amaral e Wellington Salgado.

Globo, Net, Sky - O Pay-TV informa que Globosat e Net fecharam acordo para distribuição de conteúdos de alta definição. O canal Globosat HD entraria num "pacote HD Básico" e o futuro Telecine HD "num nível acima". O site nota que "pela primeira vez" a Net e a Sky, que lançou pacotes sem Globosat, têm "estratégia diferente para os canais" da Globo.

Escrito por Nelson de Sá às 11h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A infelicidade, a ilação mentirosa, o erro lamentável

Em abril, o colunista Cristiano Romero, do "Valor", já questionava a campanha da oposição em comerciais no horário nobre:

_ Somente a forte polarização política pode explicar a infelicidade de campanhas como a perpetrada pelo PPS, em relação às mudanças, em estudo no governo, nas regras de correção da caderneta de poupança. As alterações são necessárias, decorrem de uma novidade da economia brasileira -a convergência da taxa básica de juros para padrões internacionais-, mas foram vendidas à população pelo respeitável partido como um possível confisco à la Collor. Mexer na poupança é uma coisa; confiscar depósitos é outra completamente diferente. Ou o governo, com a autorização do Congresso, altera a forma anacrônica de correção da poupança ou o Banco Central não poderá mais reduzir a taxa de juros, sob pena de inviabilizar o financiamento do Estado brasileiro e provocar grande distúrbio no mercado financeiro.

Depois, também a colunista Dora Kramer, no "Estado":

_ O presidente Lula tem toda razão em repudiar a propaganda do PPS dizendo que o governo vai mexer na poupança como "fez o Collor". Trata-se de uma ilação mentirosa.

Depois, até Soninha, hoje no PPS e que estava nos comerciais:

_ Eu discordo profundamente da propaganda que ameaça com um "confisco" da poupança à la Collor. Acho um erro lamentável.

De pouco adiantaram os lamentos. Em manchete da Folha Online, ontem, "Poupadores sacam quase R$ 1 bilhão em abril, diz BC". E hoje, na primeira página do jornal, o governo se debate para explicar que as mudanças afetariam só 5% dos poupadores, só os maiores.

Escrito por Nelson de Sá às 09h38

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pobres sem angústia

"Os pobres se unem na adversidade" ou "viram um time", diz a nova "Economist", com a ilustração acima, de Claudio Munoz.

Na reportagem, enquanto "os ricos se angustiam" se o capitalismo anglo-saxão deve dar lugar à versão francesa, "os emergentes avançam sem angústia". O pouco que debatem é quanto à demanda, interna ou externa, na qual basear a economia. Não questionam o capitalismo nem abraçam os pedidos de "renacionalização", como no caso da Embraer. Brasil, Índia e China são dados como governos que, em relação a EUA e Europa, hoje, pouco duvidam do mercado. Em parte, porque já vinham mais contidos na liberalização, mas:

_ Mais importante, os maiores emergentes já começam a ver pistas da pistas da recuperação.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h10

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Republicanos e o modelo anglo-saxão em queda

 

Para as edições e capas, "Time" e "Economist".

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Faltam US$ 75 bi, mas bancos já estão melhor

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 08h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

IR para grande poupador, fundo com menos imposto

 

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

2 casos em São Paulo, 1 no Rio, 1 em Minas

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h32

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O pesadelo dos bancos acabou?

Escrito por Nelson de Sá às 21h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O vírus chega ao Brasil. Os kits, também

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Governo confirma primeiros casos de gripe suína no Brasil. Dos quatro doentes, três já receberam alta hospitalar e um permanece isolado no hospital. O Ministério da Saúde afirma que a chegada do vírus já era prevista e que o país está preparado.
   Amazonas. A enchente deixa 100 mil pessoas desabrigadas. No Maranhão, provoca o sumiço de produtos nas prateleiras.
   Na Câmara, o deputado que disse estar se lixando para a opinião pública passa o dia tentando de justificar.
   Uma série de assassinatos de vítimas de assaltos provoca indignação e medo no Rio.
   A chegada do atacante Adriano ao Flamengo põe fogo no campeonato brasileiro.

E do "Jornal da Record":

   Gripe A chega ao Brasil. Ministro da Saúde confirma quatro casos no país. Já estão no Brasil os kits para testes da nova doença.
   Vacinação contra gripe comum fica muito abaixo da meta.
   Sem mais nem menos. Assaltantes matam por nada no Rio.
   TCU encontra falhas de segurança e indícios de fraude no Bolsa Família.
   Fogo e água. Cheias ainda castigam o Norte e o Nordeste do Brasil. Na Califórnia, casas e bosques em chamas.
   Preste atenção no aluguel. Tem mudança na Lei do Inquilinato.
   É proibido fumar. Sancionada em São Paulo lei mais rigorosa contra o cigarro no país.
   Líder dos Democratas, Jorge Bornhausen usou passagens do Congresso mesmo quando não era mais senador.
   Indústria volta a crescer depois de cinco meses de queda.
   Festa rubro-negra. Imperador fecha com o Mengão.
   O poder das frutas do cerrado brasileiro.

Escrito por Nelson de Sá às 21h52

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Direitos e direitos

A coluna Rádio e TV, com eco no Terra e só, informa que "os jornalistas da Jovem Pan conseguiram o direito de entrevistar jogadores no campo", contra decisão da CBF de "só permitir repórteres da empresa que detém os direitos de imagem".

_ O juiz Luiz Bethovem Gifoni Ferreira, da 18ª vara cível de São Paulo, concedeu liminar autorizando que os repórteres da Jovem Pan façam entrevista durante os jogos do Campeonato Brasileiro. A decisão é semelhante à adotada pelo juiz Carlos Henrique Abrahão, da 42ª vara cível, que autorizava os jornalistas no Campeonato Paulista. Esta é uma importante vitória: o direito à informação e a garantia do exercício profissional.

RBS sem Parente - O "Valor" noticia a saída do ex-chefe da Casa Civil Pedro Parente da RBS. Ele "decidiu permanecer mais tempo com a família, em São Paulo, e agora vai pensar sobre seu futuro". Parente "participou da venda de 12,6% da RBS a Armínio Fraga no fim do ano passado".

TV Telefônica - A coluna Ooops informa que vai acabar o Canal TVA, da TV Abril, que responde hoje pela "comunicação com os assinantes do serviço" e também é "produtor de conteúdo". Mas "há rumores de que o canal seja ocupado por um novo, da Telefônica, sócia da TVA."

Escrito por Nelson de Sá às 10h38

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Murdoch vs. Sulzberger

Com a chamada "Murdoch desafia o modelo Kindle da Amazon", o "Financial Times" destaca na primeira página a "divergência imediata" do publisher de "Wall Street Journal", "Times" de Londres, "NY Post" e  "Sun", entre outros jornais pelo mundo.

De Rupert Murdoch, dizendo não acreditar no "modelo de negócios" oferecido pela Amazon:

_ Nós não vamos entregar o nosso conteúdo às boas pessoas que criaram o Kindle.

O questionamento é mais ao "New York Times", seu concorrente direto e associado à Amazon no Kindle, junto com "Washington Post". Arthur Sulzberger Jr., publisher também do "Boston Globe" e do "International Herald Tribune", estava no lançamento:

_ Nós sabemos há mais de uma década que um leitor eletrônico ofereceria a mesma satisfação de ler um jornal. Esse sonho continua a se aproximar da realização.

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Para "salvar o jornalismo"

Na home do "New York Times", ontem, "Amazon apresenta um Kindle de tela grande". É uma versão maior de seu leitor de livros, agora também para jornais. Em acordo com a empresa de comércio eletrônico de Seattle, "NYT" e "Washington Post" vão oferecer o aparelho aos leitores, com desconto. O preço é US$ 489. Leia mais, aqui.

Visa a "salvar o jornalismo", destacou o "New York Observer", registrando a reação do publisher do "NYT", Arthur Sulzberger Jr., ao aparelho: "Maravilhoso". Contido, o "WSJ", que desenvolve aparelho concorrente, deu título para a "tela maior".

"Ainda pequeno" - Nas "primeiras impressões" do próprio "NYT", em crítica de Damon Karlin, "ele ainda parece pequeno" e "não se sente como um jornal". No título do site PC World, cobrando mais "flexibilidade" na apresentação das notícias, "Por que o Kindle não vai salvar os jornais".

"Um grande passo" - A crítica mais positiva veio do site Gizmodo. "A tela maior não é só efeito cosmético" e ajuda na funcionalidade. Agora professores e alunos podem distribuir PDFs antes vetados tecnicamente. Mas o crítico Wilson Rothman ainda vê como "tênue" o vínculo com jornais.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bancos precisam de mais US$ 65 bi, "pelo menos"

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 08h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Brasil está tecnicamente em recessão

 

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h45

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A poupança não será atingida

  

 

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Doutrina Obama

Escrito por Nelson de Sá às 21h19

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O Brasil debaixo d'água

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Um caso médico impressiona o mundo. Mulher vítima de violência doméstica é apresentada como o caso de transplante de rosto mais complexo da história.
   O Brasil debaixo d’água. Repórteres mostram os estragos das enchentes no Norte e no Nordeste.
   Os presidentes do Afeganistão e do Paquistão visitam os Estados Unidos. E a Cruz Vermelha informa a morte de dezenas de civis afegãos em ataque militar americano.
   Governo e oposição negociam mudanças nas eleições parlamentares. Em vez de votar em candidatos, eleitor teria que escolher o partido. O dinheiro público financiaria campanhas políticas.

E do "Jornal da Band":

   Duas semanas depois do alerta mundial, Brasil ainda não tem como identificar gripe suína. Kits para teste ainda não chegaram ao país.
   Cesta básica sobe até 5% e encarece café da manhã. Leite e açúcar registraram as maiores altas.
   Traficantes do Rio de Janeiro escondem 250 quilos de maconha em creche da prefeitura em Copacabana.
   Rede pública não vacina e medo da meningite lota clínicas particulares na Bahia. Forma mais grave da doença já matou 14 pessoas no Estado este ano.
   Britânico derrota 35 mil concorrentes e ganha o melhor emprego do mundo.
   Enchentes no Norte e no Nordeste já provocaram 24 mortes. Mais de 700 mil pessoas são afetadas pelas chuvas.
   Governo americano promove etanol brasileiro de cana ao status superior de combustível avançado.

Escrito por Nelson de Sá às 21h17

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O "Boston Globe" continua

Deu no "New York Times", três minutos atrás. "Acordo é alcançado no Boston Globe", com o maior sindicato do jornal, e:

_ Aparentemente, termina por ora a ameaça da The New York Times Company de fechar o jornal.

O pacto saiu às três da manhã, relata o próprio "Boston Globe".

Escrito por Nelson de Sá às 11h39

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E o Webby vai para "Guardian", Huffington Post etc.

Saiu a lista sem fim de vencedores dos Webby Awards, cada vez mais lembrando o Oscar, com destaque para "melhor atriz", "artista do ano", "pessoa do ano", celebridades anglo-americanas.

O prêmio é da Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais, mas se concentra na internet de EUA e Reino Unido, com jurados que vão de David Bowie a Arianna Huffington, Harvey Weinstein a Richard Branson, da Virgin, além de jornalistas de "New York Times", "Wired".

Como site de Jornal, venceu o "Guardian". De Humor, "Onion".

Site de Política, o Huffington Post da própria Arianna. Blog Político, Democracy in America, da "Economist".

De Celebridades, OMG!, do Yahoo.

Escrito por Nelson de Sá às 11h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Organizações vs. organizações

Saiu hoje na coluna Gente Boa, de Joaquim Ferreira dos Santos no "Globo", e o Blue Bus destacou:

_ O jogador Ronaldo vai gravar o "Casseta & Planeta". Será garoto propaganda das Organizações Tabajara.

Sobre Ronaldo e seus patrocinadores, a coluna de Flávio Ricco registrou no UOL que "a Globo não teve como escapar" e mostrou domingo as marcas do grupo Silvio Santos no uniforme do jogador.

Televisa também - O "Jornal Nacional" de sexta, 1º de Maio, mostrou uma manifestação de sindicatos contra a Televisa, no México. Associada da Record, a rede mexicana é também "a principal concorrente da Globo em exportação de novelas na América Latina".

Circula - Mais de Ricco. "A volta de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho ao comando de uma rede está novamente em cartaz, nos bastidores."

Escrito por Nelson de Sá às 10h28

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Irã & Israel

Na manchete on-line da "Economist", ontem, o "confronto com o Ocidente" não deve esconder, desta vez, o desemprego e a inflação crescentes no Irã, que ameaçam "custar" a reeleição de Mahmoud Ahmadinejad, em um mês.

Na manchete on-line de europeus como "Guardian" e, por aqui, só da BBC Brasil, "Israel foi negligente ou leviano em Gaza, diz ONU." Relatório "considerou o Exército israelense culpado de seis dos nove casos em que foram mortas pessoas refugiadas em prédios da ONU".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h27

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O buraco de US$ 35 bilhões no Bank of America

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Incentivos puxam a lenta recuperação da indústria

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h55

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Serra 2010" e a educação em São Paulo

  

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Entre hambúrgueres, a volta do crescimento

Escrito por Nelson de Sá às 20h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Chuva e morte na terra do Sol

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Maranhão, Piauí, Ceará e Bahia. A chuva mata três pessoas e leva muitos prejuízos a Salvador.
   No Paraná, estiagem. As Cataratas do Iguaçu perdem volume.
   Em São Paulo, um dos operários que escaparam da morte revê as cenas da ventania de ontem.
   A hora de contar gotas. Especialistas ensinam técnicas para caçar e eliminar desperdícios de água.
   A produção da indústria brasileira tem a maior queda semestral dos últimos 19 anos.
   A polícia turca prende os suspeitos de um massacre em uma festa de casamento.
   A história recontada. Surge uma versão diferente para o surto de um dos maiores gênios da pintura.
   Você vai conhecer Rocaia, uma atleta que não abre mão das tradições na hora de competir.

E do "Jornal da Record":

   Chuva e morte na terra do Sol. Cheias castigam o Norte e o Nordeste. No Pará, o rio Tapajós inunda cidades e estão chegando as águas do Tocantins. Lula visita as regiões afetadas.
   À queima-roupa. Ladrão mata caixa com um tiro na cabeça.
   Ele tem 12 anos e já roubou 11 carros.
   Fique ligado. Operadora é obrigada a manter seu telefone funcionando para emergências mesmo depois de cortar a linha por falta de pagamento.
   México lança pacote para reduzir efeitos da gripe A. Número de casos suspeitos no Brasil chega a 28.
   Na reportagem especial, suco de frutas.

Escrito por Nelson de Sá às 20h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Americanos prontos para a mentira, de novo

Do "Onion", jornalismo como sátira:

_ Após meses de diálogo sincero e aberto sobre o fracasso da economia, o populacho anunciou esta semana que está preparado para que voltem a mentir sobre o sistema financeiro. "Eu pensei que queria uma era de transparência, mas, sinceramente, eu não aguento", diz Nathan Pletcher, de Ohio. "Não preciso ser lembrado constantemente que a falta de regulação em Wall Street e instituições como a AIG jogaram a economia na recessão global", diz o gerente de escritório Alexis Harrington, 32. Segundo pesquisa CBS/New York Times, 98% dos americanos não apreciam mais os esforços do presidente de explicar a crise com palavras que eles entendam.

Escrito por Nelson de Sá às 11h29

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O dano à honra

Janio de Freitas, sob o título "Leis de prensa":

_ O jornalismo não é atividade comum. Daí não se deduz que seja mais importante. Mas são inegáveis particularidades que começam nas urgências da produção, com todos os riscos inerentes, até a magnitude das suas implicações sociais, políticas, econômicas e morais -que pesam com o mesmo peso sobre uma empresa e sobre grande parte dos jornalistas. O debate está concentrado, porém, no direito de resposta e ressarcimento. A discussão se dá em torno da necessidade de lei própria, por consequência do que muitos chamam de vácuo deixado pelo fim da Lei de Imprensa; e da desnecessidade de mais do que o previsto na Constituição e nos códigos Civil e Penal. As duas linhas são convencionais.

_ Nas condições impostas pelo jornalismo, não devem ser relegados fatores como o propósito, o acaso, a possibilidade de confirmação tardia, a admissão de retratações e outros. Fatores que contribuiriam muito para uma imprensa séria, segura dos seus limites e possibilidades, e sem a preferência tão comum pela autocensura preventiva. Imprensa, aí, significando tanto empresas como jornalistas, estes talvez até mais dados à autocensura. As contestações mais simples são bom exemplo da visão limitada posta no atual debate. Hoje há assessores de imprensa para todos os lados e quilates. Se entre eles reconhece-se trabalho respeitável e útil, o fato é que a qualquer pretexto lá vem contestação com pretensões à publicação. E a tendência de alguns jornais já é querer publicá-las, e não só os elogios. Pois bem, o tal dano à honra incide aí, com frequência, sobre o jornalista sério. Algo precisa proteger a publicação séria com a exigência formal de que a contestação, para ter o direito inquestionável a ser publicada, seja objetiva e frontal aos fatos citados. Seria uma defesa justa do jornalismo cuidadoso e do jornal que se queira respeitado.

Ratinho & Datena - Por outro lado, Carlos Massa, o Ratinho, "fez polêmicas, brincou e provocou" e ficou em segundo lugar no Ibope. José Luiz Datena, de jornalismo semelhante, "foi para a quarta posição". E "agora é dar liberdade para Ratinho trabalhar".

Ou Sidney Rezende - O Blue Bus informa que o âncora Sidney Rezende, "demitido da CBN em outubro", volta ao rádio como coordenador de jornalismo da MPB FM, do Rio, no dia 18, patrocinado pela Golden Cross.

Escrito por Nelson de Sá às 10h42

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

V de vitória?

Começou com blogs notando que a Bolsa havia passado os 50 mil pontos. Daí para manchetes de sites e portais, noite adentro com números finais e enunciados como salta ou dispara 6,59% e "fecha acima dos 50 mil" e "no maior nível desde setembro", com eco depois nos telejornais. Para a Folha Online, "a euforia veio da China".

No site do "Financial Times", o editor de mercados citou Brasil e outros para dizer que "os mercados acreditam que a China realizou de algum jeito uma recuperação em forma de V". Bateu no fundo e voltou, como um "sinal de vitória". Na reportagem, o "FT" ressaltou que as "exportações do Brasil saltaram" com a China.

Na página 3 do "China Daily" de ontem, junto à reportagem sobre o pacote asiático contra a crise, "Visita do presidente do Brasil vai expandir vínculos". Era uma entrevista com o embaixador Clodoaldo Hugueney, prevendo "resultados em todas as áreas, comércio, investimento, cooperação" _e dizendo que as reuniões entre os dias 18 e 20 abrem caminho para "um acordo de cinco anos". A visita de 2004, sublinha o jornal estatal, foi seguida do "boom" no comércio.

Mas o embaixador também cobrou investimento, ainda "muito pequeno".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h49

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Na China, indicadores apontam para recuperação

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Exportação cresce, Bolsa sobe, bom momento

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h15

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Começa a devolução do desconto das férias

 

   

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 09h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O vírus pode não ser tão mortal quanto se temia

Escrito por Nelson de Sá às 22h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cenas de desespero, flagrante de intolerância

Escalada de manchetes do "Jornal Nacional":

   Chuva no Norte e no Nordeste. Seca no Rio Grande do Sul. No Sudeste, o vento forte arranca árvores e produz cenas de desespero nas alturas.
   Flagrante de um crime. O vale-tudo no comércio de combustíveis chega ao fundo do poço.
   Piora o serviço prestado aos consumidores nas empresas de telefonia.
   O presidente do Irã cancela visita polêmica ao Brasil.
   O jogador de futebol que fingiu ter gripe suína recebe punição.
   A lei é regulamentada e vai começar a devolução do Imposto de Renda de quem vendeu as férias.
   Tecnologia para a saúde. Brasileiros desenvolvem uma forma de fabricar açúcar sem enxofre.
   Começa campanha do Rio de Janeiro para se tornar patrimônio mundial.

E do "Jornal da Record":

   Flagrante de intolerância. Táxi atropela manifestante em Belém.
   Rio de Janeiro tenta mais uma vez acabar com os flanelinhas.
   Casos da gripe A passam de mil em todo o mundo. No Brasil, os casos suspeitos aumentaram para 26.
   Polícia gaúcha investiga financiamento a grupos neonazistas.
   Importação da China e preço bom dos produtos que o Brasil exporta aliviam o sufoco da crise global aqui no país.
   Jacaré, onça, capivara e tamanduá. Animais do Pantanal morrem na BR-262.
   Na reportagem especial, o poder das frutas.

Escrito por Nelson de Sá às 22h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O jornalismo continua

É o "jornalismo sátira", no dizer do "New York Times".

Contra o "Daily Show" de Jon Stewart e outros programas, a rede NBC resolveu transformar o "Weekend Update" de Seth Meyers, um quadro do "Saturday Night Live", em programa de meia hora, inicialmente como "especial", para a próxima temporada.

TPM, o paradigma - O site Politico, relativamente conservador, perfilou seu concorrente liberal Talking Points Memo, nascido como blog de Joshua Marshall e hoje cada vez mais um site jornalístico regular, no modelo de baixo custo que vai se estabelecendo na cobertura de Washington.

Ao resgate - O "NYT" destaca que, como o iPod salvou as gravadoras e o Kindle deu esperança às editoras, a imprensa busca seu "cavaleiro em armadura brilhante". News, Hearst e a Plastic Logic (abaixo) têm aparelhos em desenvolvimento, mas o primeiro lançamento é da Amazon, com uma versão maior do Kindle, para jornais, já nesta semana.

Escrito por Nelson de Sá às 11h44

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Quatro meses, R$ 127 milhões

Da coluna Painel, hoje na Folha:

_ O governo Serra assumiu gastos de R$ 127 milhões em publicidade nos primeiros quatro meses do ano. Os contratos têm validade até outubro. Para o ano todo, a expectativa é de R$ 227 milhões.

Um ano, R$ 417 milhões - O site Propmark destaca que as Casas Bahia, "maior anunciante do país", alcançou um investimento em mídia de R$ 417 milhões em 2008, "budget de publicidade" que representou 3% do faturamento bruto.

Uma Copa, US$ 50 milhões - A coluna Mônica Bergamo informa que "empresas que conversaram há alguns dias com a Fifa, sobre patrocinar a Copa de 2014, quase caíram de costas: o preço da cota principal, como patrocinadora oficial, gira em torno de US$ 50 milhões".

Escrito por Nelson de Sá às 11h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O ditador contra o "Versus"

Wilson Tosta, no "Estado" de hoje:

_ Uma operação da Receita para exterminar a imprensa alternativa foi desencadeada entre 1976 e 1978 pelo governo Ernesto Geisel, mostram documentos sigilosos do Ministério da Justiça. O penúltimo ditador militar autorizou a ofensiva contra os pequenos veículos em despachos com o ministro Armando Falcão. O ministro da Fazenda, Mário Henrique Simonsen, concordou com a ação, proposta pelo 2º Exército, de São Paulo. A autorização de Geisel para um ataque fiscal ao jornal "Versus" está documentada em ofício de 1978. Nele, o chefe de gabinete da Justiça transmite pedido para liberar a ação. A resposta vem manuscrita. "Confidencial. Conversei, no despacho de hoje, com o Exmo. Sr. Presidente da República, que aprovou", escreve Falcão. Uma lista com "Versus" e outras 41 publicações que deveriam sofrer o mesmo processo da Receita, entre elas "O Pasquim" e "Movimento", integra o dossiê.

O jornal anuncia para amanhã "documentos sobre a prisão e a morte de Rubens Paiva", pai de Marcelo.

Escrito por Nelson de Sá às 10h18

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Iranianos (e israelenses) às portas

O ministro do exterior Manouchehr Mottaki deu entrevista à TV estatal, ecoada pela agência iraniana Fars, privada e ultraconservadora, e anunciou "novo capítulo" nas relações entre Irã e Brasil com a visita, no fim de semana, do presidente Mahmoud Ahmadinejad, em comitiva com 110 executivos de 65 empresas, para reuniões em São Paulo.

Ecoou pela agência estatal chinesa Xinhua, ressaltando que viajam empresas de petróleo, alimentos, veículos, e pelo indiano "Hindu", dizendo que o Irã "corteja agressivamente o Brasil para erguer vínculos com emergentes de maior potencial".

Do outro lado, a também privada e ultraconservadora Israel National News ressaltou que, "apesar dos protestos israelenses", Ahmadinejad será recebido em Brasília.

Em destaque maior nas buscas de Brasil no Google News, a independente Jewish Telegraphic Agency e até a AP noticiaram que a empresa aérea El Al estreou ontem os voos regulares Tel Aviv-Guarulhos, sua primeira nova linha em dez anos. Deve ampliar o "fenômeno turístico" recente de israelenses na América do Sul.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA sem opções no Paquistão nuclear

 

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Menos matérias, mais horas de estudo

Para edições e capas, Folha, "Globo", "Estado" e "Valor". Folha, "Globo", "Estado" e "Valor" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online, Estadao.com.br e Valor Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O timão & o rubro-negro

 

 

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 09h10

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Da falência da Chrysler à pressão sobre a GM

Para edições e capas, "NYT", "WSJ", "WP", "FT" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT", "WSJ" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.).

Para os sites, NYT, WSJ, WP, FT e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 12h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Só China salva (as exportações brasileiras)

 

Para edições e capas originais, Folha, "Globo" e "Estado". Folha, "Globo" e "Estado" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Globo" e "Estado" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online, Globo Online e Estadao.com.br.

Escrito por Nelson de Sá às 11h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

MST dá desconto nas faculdades

 

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (por país, à esq.).

Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 11h52

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores
Blog da coluna "Toda Mídia" (assinantes Folha e UOL), de segunda a sexta, pela manhã, escrito pelo jornalista Nelson de Sá.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.