Toda Mídia
Toda Mídia
 

Preso um dos mafiosos mais procurados da Itália

Escalada do "Jornal Nacional":

   A cotação do dólar acumula queda de mais de 10% no ano. O ministro da Fazenda manifesta preocupação com os exportadores brasileiros.
   A polícia americana procura mulher que fugiu com filho doente. Ela quer curar o câncer dele de forma natural.
   No interior de São Paulo, mães de crianças que faltam à escola são levadas para a delegacia.
   O IBGE mede a dificuldade que os adultos brasileiros enfrentam na tentativa de voltar a estudar.
   Decretada a prisão domiciliar do fundador da empresa aérea Gol.
   Preso em São Paulo um dos mafiosos mais procurados da Itália.
   A Câmara volta a autorizar viagens internacionais de deputados com a cota de passagens aéreas.
   O venezuelano Hugo Chávez nacionaliza seis empresas estrangeiras de uma só vez.
   Morre o cantor e compositor Zé Rodrix, o artista que queria uma casa no campo e nada mais.

"Jornal da Record":

   Polícia Federal desmantela quadrilha internacional de tráfico de pessoas.
   Poder paralelo. Líder mafioso é preso no Brasil.
   Justiça bandida, a vingança. Tentaram crucificar vivo um homem que devia R$ 20 a traficantes.
   Polícia procura um dos empresários mais importantes do Brasil.
   Dólar cai apesar das ações do Banco Central. Veja como a cotação baixa afeta a economia.
   Brasil sem profissão. Só dois em cada dez trabalhadores fizeram cursos de qualificação.
   Dia de fúria na vida real. Homem invade locadora e destrói carros.
   Campos, amigos e nada mais. O adeus a Zé Rodrix, o compositor do rock rural.

"Jornal da Band":

   Mafioso italiano é preso em São Paulo tentando dar golpe de US$ 1 bilhão. Criminoso queria vender títulos falsos da dívida venezuelana.
   Polícia Federal prende quadrilha que trazia chineses para trabalhar ilegalmente no Brasil.
   Ladrões matam ciclistas para atrasar ação da polícia durante fuga em São Paulo.
   Ibama dificulta concessão de licenças para criação de animais silvestres em cativeiros. Burocracia favorece comércio clandestino.
   Zé Rodrix morre em São Paulo aos 61 anos de idade. Autor de "Casa no Campo" compôs mais de 150 músicas.
   Uruguaios comparam vitória sobre Boca Juniors na Libertadores à conquista da Copa de 50 no Maracanã. Time de Montevidéu eliminou argentinos em plena Bombonera.
   Chuvas castigam Salvador há sete dias seguidos. Apagões e alagamentos param a capital baiana.
   Pacientes estrangeiros devem gastar este ano R$ 1 bilhão com médicos e hospitais de São Paulo.

Escrito por Nelson de Sá às 20h37

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Não é tortura, não é tortura, não é tortura

Escrito por Nelson de Sá às 20h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pré-campanha

Janio de Freitas, hoje na Folha:

_ A CPI da Petrobras tende a produzir efeitos muitos maiores, com incidência direta sobre a disputa sucessória, do que o desgaste do prestígio de Lula e seu governo nesta fase de pré-campanha, como pretendido pelos oposicionistas. E os indícios são, todos, de que o PSDB, já preocupado com as acusações de "inimigo da Petrobras" e outras, ao forçar a criação da CPI não previu aquela tendência de efeitos imprevisíveis. O risco é para os dois lados, mas o governo tem as circunstâncias a seu favor: está à sua disposição o farto material dos arquivos da Petrobras, da Agência Nacional do Petróleo (com o valor especial da primeira fase desta ANP) e, se for o caso, de sistemas de manifestação pública. Não que à oposição faltem ases e coringas. Sobretudo não lhe falta a maioria dos meios de comunicação, com sua mal contida aversão à Petrobras, apesar de receber dela fortunas publicitárias.

Escrito por Nelson de Sá às 11h24

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Não dá para desistir e pensar que já perdemos"

O medo tomou o congresso de radiodifusão. "O assunto mais persistente tem sido o avanço da internet e seu potencial predatório", relata a cobertura Tela Viva/Teletime. Mesas sobre outros temas viram "fórum de queixas de representantes de emissoras, assustados com a rapidez com que a internet tem ocupado espaços de divulgação de conteúdos".

Evandro Guimarães, vice de Relações Institucionais das Organizações Globo, "tentou acalmar os ânimos", dizendo:

_ Tem uma tempestade em curso e começou a pingar. Vem aí uma tempestade de tecnologia e pessoas mais ansiosas e apressadas já pensam: "Vou vender minha TV", "Não vou migrar para a TV digital porque a banda larga vai acabar comigo". Não dá para a gente desistir e pensar que já perdemos.

O representante de uma retransmissora comentou que "essa tempestade já chegou para as empresas menores".

Venezuela nipo-brasileira? - A BBC Brasil ouve o ministro Hélio Costa sobre a campanha para a adoção do padrão digital "nipo-brasileiro" na América do Sul ou "pelo menos no Cone Sul". O Peru aceitou, mas a Colômbia optou pelo europeu e, na Venezuela, Hugo Chávez resiste, em meio à disputa no Senado pela entrada do país no Mercosul.

Uruguai europeu - Costa critica o Uruguai, que teria optado pelo europeu por "questões políticas". O representante da TV uruguaia diz que "o Brasil usou sua posição dominante para decidir por um padrão sem consultar outros países, nem mesmo os do Mercosul. Agora é tarde".

Escrito por Nelson de Sá às 10h04

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Progresso

Mais da nova "Economist". Com atraso, a revista avalia o embate entre Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes. Dá foto do primeiro (ao lado) e sublinha sua sintonia com a opinião pública. Mas defende que "Mendes fez algumas melhorias. Em particular, tirou proveito das reformas do sistema judiciário feitas pelo governo do presidente Lula em 2004 para as coisas se moverem um pouco mais rapidamente".

Sobre o embate, diz que confrontou "filosofia judicial", opondo o "ativismo judicial" de Barbosa à "visão mais conservadora do papel de um juiz" de Mendes. Afirma que "isso é um degrau acima do debate usual no e sobre o Supremo e soa como progresso. Mas ainda há um caminho a percorrer e muitos processos a tirar" das pilhas.

Escrito por Nelson de Sá às 09h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Descolamento 2.0

Com o enunciado "Os maiores emergentes vão se recuperar mais rápido do que a América", editorial da nova "Economist" saúda a volta do "descolamento", "decoupling", entre as economias dos países em desenvolvimento e dos desenvolvidos.

_ Nos últimos seis meses a teoria foi ridicularizada. Mas talvez ela tenha sido dispensada muito cedo. Ainda que a produção dos EUA continue fraca, há sinais de que alguns emergentes poderiam ver uma recuperação decente.

Detalha a China e diz que ela "estimulou o preço das commodities que, por sua vez, iluminaram o futuro para o Brasil".

_ Não era uma má ideia, afinal.

Na mesma edição, sob o título "Não", em português, a revista elogia a "provocação" da SR Ratings do economista Paulo Rabello Castro, que decidiu dar nota aos títulos americanos, já que "por alguma razão o processo não funciona ao contrário" e eles não vêm caindo nas maiores agências de classificação, americanas.

Deve ser AA, não AAA.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h31

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O significado de Michelle, primeira-dama da América

Para as edições, "Time" e "Economist".

Escrito por Nelson de Sá às 09h26

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De Taiwan para a China, com uma "nova voz"

Para as edições, "China Daily" e "The Times of India". Também no PressDisplay. Para os sites, CD e TOI.

Escrito por Nelson de Sá às 09h14

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Entre os princípios da América e sua segurança

 

Para as edições, "The New York Times", "The Washington Post" e "USA Today". Também no NewsStand, no PressDisplay (menos "NYT") e no Newseum. Para os sites, NYTWP e USA Today.

Escrito por Nelson de Sá às 09h09

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vai cair a nota do Reino Unido. Caem os mercados

Para as edições, "The Wall Street Journal" e "Financial Times". "WSJ" também no Newseum. Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h05

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vale ajusta a estratégia para a China

 

Para as edições, "Valor Econômico" e "Gazeta Mercantil". Também no PressDisplay e no Newseum ("GM"). Para os sites, Valor Online e GM.

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vale refaz plano e reduz investimento neste ano

 

Para as edições, "Folha de S.Paulo", "O Estado de S. Paulo" e "O Globo". Também no PressDisplay e no Newseum. Para os sites, Folha Online, Estadao e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h57

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Do Feirão da Caixa à Bolsa-Motoboy

 

Para as edições, "Agora São Paulo", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora de Notícias". Também no PressDisplay ("Agora") e no Newseum ("Agora" e "SN"). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h52

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Maior desfile do país terá cota para modelos negros

Escalada do "Jornal Nacional":

   Polícia federal americana comemora uma vitória. A prisão de terroristas que planejavam ataque sangrento em Nova York.
   Alerta mundial. Casal da Nova Zelândia foge com milhões depositados por engano pelo banco.
   Nossos repórteres mostram ideias alternativas para economizar dinheiro com a conta de água.
   Uma explicação dos economistas sobre a queda do dólar nos últimos dias.
   Frustração no Ceará. As chuvas de maio acabam com a colheita que bateria recorde.
   Morre em São Paulo a menina baleada dentro de casa por um ladrão.
   Confirmado mais um caso de gripe suína no Brasil.
   Dunga chama cinco jogadores que atuam em clubes brasileiros para os próximos desafios da seleção.
 

"Jornal da Record":

   Justiça bandida. Tribunais do tráfico aplicam penas cruéis nos morros do Rio.
   Polícia investiga o homem que criou o SPC pirata. Informações do cadastro eram vendidas a lojistas e a ladrões.
   Vídeo mostra deputado bebendo antes de matar dois em acidente. A conta passou de R$ 700. R$ 500 eram só de bebida.
   Empresário preso por vender donativos tinha um tio e a sogra trabalhando para ele.
   Leilão vende mil imóveis em São Paulo. Preço é bom, mas consumidor precisa tomar cuidado.
   Seguro-desemprego terá parcela extra. Taxa de desemprego parou de subir em abril.
   Obama enfrenta vice de Bush em discussão sobre tortura no combate ao terrorismo.
   Covardia. Menores atacam homem em cadeira de rodas. Mesmo caído, ele reage e atinge o agressor.
   Souzânia, Goiás. Sem médicos, sem ambulância, sem esperança.
   Maior desfile do país terá cota para modelos negros.

"Jornal da Band":

   Governo amplia parcelas do seguro-desemprego para mais de 200 mil trabalhadores demitidos por causa da crise.
   Relatório da Organização Mundial da Saúde mostra que expectativa de vida do brasileiro aumentou para 73 anos.
   Confirmado mais um caso de gripe suína no Brasil. Homem que viajou aos Estados Unidos está em isolamento domiciliar em São Paulo.
   Menina de oito anos baleada durante assalto em condomínio tem morte cerebral diagnosticada pelos médicos.
   Hospitais privados baixam preços de consultas e atraem pacientes cansados de esperar na fila do SUS.
   André Santos, do Corinthians, Ramires, do Cruzeiro, Nilmar, do Inter, e Vitor, do Grêmio. As novidades de Dunga na seleção.
   Tempestades de ventos de 100 km na Austrália provocam ondas de 15 metros e inundam cidades no litoral.
   O Brasil tem agora US$ 4 de reservas para cada dólar da dívida externa do governo.

Escrito por Nelson de Sá às 21h16

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dois homens, dois partidos, um duelo

Escrito por Nelson de Sá às 21h03

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ocupados em nascer

O Huffington Post tirou o "editor de investigações" do Washington Post, Lawrence Roberts, contratado para chefiar seu Fundo Investigativo, lançado em março com um orçamento de US$ 1,75 milhões. Justifica o jornalista, ao site Editor & Publisher:

_ Com todas as pressões sobre os jornais, faz sentido replicar seu serviço público e sua missão investigativa no mundo sem fins lucrativos [do Fundo]. Estou animado de me juntar a Arianna nesta importante empreitada.

Já o Gawker tirou John Cook do Chicago Tribune e Stephen Totilo da MTV News e "você pode esperar mais", diz Nick Denton, que criou e comanda o grupo. Explica ele, em entrevista à AdAge:

_ Quando o Gawker começou, havia muita informação e pouco contexto _e foi o que oferecemos, na forma de links e opinião. Mas agora mudou. Linkam-se artigos nos blogs, no Facebook, Twitter, Digg. Todos esses intermediários estão em busca de algo para linkar. Se antes uma exclusiva atingia 10 vezes o tráfego de um post de blog, agora alcança 100. A reportagem original será recompensada.

E Joshua Marshall falou aos estudantes da Universidade Columbia, ele que já ganhou Pulitzer postando em seu Talking Points Memo:

_ São as pessoas que estão entrando agora na profissão que vão criar os modelos de negócios, que vão dar forma ao jornalismo no século 21... Construir público, engajar leitores é o teste fundamental. Um dos grandes fracassos do jornalismo tem sido a tendência de enfatizar equilíbrio acima da precisão. O apreço exagerado pelo equilíbrio põe o jornalismo contra o coração daquilo que o sustenta: a sinceridade fundamental com os leitores.

Para encerrar, citou Bob Dylan, "quem que não está ocupado em nascer/ está ocupado em morrer".

Escrito por Nelson de Sá às 11h54

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"The Rise of the C Class in Brazil"

Com o título acima, a AdAge, referência global em publicidade, destaca por que a M&C Saatchi "abriu lá". Já ganhou tradução no M&M:

_ Em 2008, 20 milhões de pessoas passaram a fazer parte da classe C no Brasil, um segmento que representa 86 milhões ou 46% da população. Mais do que a população somada dos três Estados mais densamente povoados dos EUA... As notícias da chegada da M&C Saatchi surpreenderam o mercado local e o regional.

Justifica o CEO Global da agência, Moray MacLennan:

_ Ter presença no Brasil aumenta nossas chances de trabalhar tanto com as maiores empresas do Brasil na expansão internacional, quanto com empresas internacionais que expandem para o país.

"Nós somos a voz do Brasil" - Evandro Guimarães, da Globo e da Abert, e Paulo Bornhausen, do DEM, atacaram a transmissão do programa pelas concessionárias de rádio, na conferência de radiodifusão, informam Tele.Síntese e Tela Viva. O executivo global disse que que é um "confisco" e declarou: "Nós somos a voz do Brasil".

Padrão americano - Na Globo, "os investimentos na linha de produção de seriados" ou séries, na designação original, "serão intensificados e podem não se limitar à faixa nobre de horário". Segundo o UOL, o Projac organiza um curso de aperfeiçoamento de quatro semanas e, em suma, "a ideia é seguir o padrão americano de temporadas".

Escrito por Nelson de Sá às 10h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

São Paulo, cidade fantasma

Na "Time" e já com postagem à parte no Yahoo News, o correspondente Andrew Downie destaca "No Brasil, acusações de massacre policial". Semana passada, ele já havia noticiado as denúncias no "Telegraph", com a ameaça das viúvas de levar o caso à Justiça internacional.

Trata-se de maio de 2006 (abaixo, na foto de Andre Penner), quando o PCC matou "33 policiais e tornou São Paulo uma cidade fantasma". Segundo relatório, "mais de 400 civis foram mortos nos dias seguintes".

A Febem continua - Sem maior atenção dos programas policialescos do início da noite, mas submanchete da Folha Online, "Jovem morre após incêndio em unidade da Fundação Casa". É o novo nome da Febem. "Informações preliminares da polícia apontavam briga entre internos", mas não era nada disso. Foi um curto-circuito.

Contêineres, menores e mortes - Na manchete da Agência Brasil ontem e em cobertura há vários dias, continuam as notícias sobre a "internação" de menores em "contêineres" no Espírito Santo. O ministro de Direitos Humanos avisou de "sanções internacionais". O secretário capixaba de Justiça diz que "mortes não são piores que em outros Estados".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h41

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Começa a briga por cargos, na Índia também

Para as edições originais, "China Daily" e "The Times of India". Também no PressDisplay. Para os sites, CD e TOI.

Escrito por Nelson de Sá às 09h22

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Washington repensa o fechamento de Guantánamo

 

Para as edições originais, "The New York Times", "The Washington Post" e "USA Today". Também no NewsStand, no PressDisplay (menos "NYT") e no Newseum. Para os sites, NYTWP e USA Today.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

EUA, Alemanha, Japão, México, parceiros na queda

 

Para as edições originais, "The Wall Street Journal" e "Financial Times". "WSJ" também no Newseum. Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h13

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Renault reincorpora todos os que afastou

Para as edições originais, "Valor Econômico" e "Gazeta Mercantil". Também no PressDisplay e no Newseum ("GM"). Para os sites, Valor Online e GM.

Escrito por Nelson de Sá às 09h11

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Renan quer diretoria do pré-sal, para controlar CPI

  

Para as edições originais, "Folha de S.Paulo", "O Estado de S. Paulo" e "O Globo". Também no PressDisplay e no Newseum. Para os sites, Folha Online, Estadao e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 09h08

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Interno morre em incêndio na ex-Febem

 

Para as edições originais, "Agora São Paulo", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora de Notícias". Também no PressDisplay ("Agora") e no Newseum ("Agora" e "SN"). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 09h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Dilma recebe alta e brinca com a queda de cabelo

Escalada do "Jornal Nacional":

   Governo reduz previsão de crescimento da economia para 2009.
   O dólar cai à menor cotação desde abril de 2008.
   Notas fiscais que se apagam viram problema para os consumidores.
   Padres e freiras são acusados de abusar de duas mil crianças na Irlanda.
   Portugueses levam ao parlamento a polêmica sobre a reforma ortográfica.
   O Irã testa um foguete e espalha preocupação pelo mundo.
   A queda de um avião mata quase cem pessoas na Indonésia.
   Um crime covarde põe uma criança entre a vida e a morte em São Paulo.

"Jornal da Record":

   Médico herói. Com um telefone e uma furadeira, ele salvou a vida de um menino.
   Médico vilão. Ministério Público analisa denúncia do "Jornal da Record" contra doutor cassado.
   Fugitivo atropela policial, capota e é agredido pelos homens da lei.
   Menores consomem crack, cocaína e maconha ao ar livre em cidades do interior.
   Ministra Dilma deixa hospital e brinca com os repórteres.
   Irlanda conclui inquérito sobre abuso sexual em escolas católicas. Foram milhares de vítimas em 60 anos.
   Na reportagem especial, os taxistas fora da lei. Você vai conhecer os golpes do falso passageiro e do táxi falso.

"Jornal da Band":

   Lula volta a descartar idéia de terceiro mandato mesmo que Dilma Rousseff não dispute a sucessão presidencial. Ministra recebe alta depois de dois dias internada e brinca com queda de cabelo causada por tratamento contra um câncer.
   Enfarte mata mulher que viu marido e filhos serem executados por bandidos durante assalto em São Paulo.
   Médico usa furadeira de obra em cirurgia de cabeça e salva menino de 12 anos na Austrália.
   Irã testa míssil capaz de atingir Israel e bases americanas no Oriente Médio.
   Queda de avião militar na Indonésia deixa 97 mortos.
   Casos de gripe suína já passam de dez mil em mais de 40 países.
   Futebol. Inter pega o Flamengo no Beira-Rio e Fluminense encara o Corinthians no Maracanã. Noite decisiva pela Copa do Brasil.
   Chuvas destroem estradas e isolam 200 mil pessoas no Pará.
   Na revisão do orçamento federal para este ano, governo aponta quedas na economia.

Escrito por Nelson de Sá às 21h11

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Newt Gingrich contra a "esquerdista" Nancy Pelosi

Escrito por Nelson de Sá às 21h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TPM, NYT e o fim do plágio

Joshua Marshall comentou ontem à noite, afinal, a denúncia de "plágio" que ocupou dois dias da cobertura de mídia, depois que Maureen Dowd publicou coluna no "New York Times" com passagem igual a um texto escrito pelo editor do Talking Points Memo:

_ Eu acho, em geral, que nós somos rápidos demais em apertar o gatilho com acusações de plágio. Eu não disse nada sobre isso porque eu realmente não achei que tinha coisa nenhuma a acrescentar. Qualquer que tenha sido a mecânica de como isso veio a acontecer, eu jamais pensei que fosse intencional. Dowd e o "Times" corrigiram rapidamente. E para mim é o fim disso.

Dowd afirmou ao Huffington Post que o trecho havia sido enviado por um amigo, que não mencionou ser tirado do TPM.

Escrito por Nelson de Sá às 11h40

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Globos e um "Superior Tribunal" contra Ronaldo

De um lado, a Globo "pressiona empresários de Ronaldo a desistirem de transformá-lo em garoto-propaganda do SBT", segundo Ricardo Feltrin. De outro, o jogador atacou o "duplo caráter" do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, na sabatina da Folha.

E agora Globo Esporte, SporTV e tudo mais dão que o "Superior Tribunal de Justiça Desportiva", vinculado à CBF, "requisitou as imagens para analisar a jogada em que Ronaldo deu um puxão de cabelo em Fahel", do Botafogo. Diz a Globo que "o Fenômeno corre risco de ser denunciado".

Na mesma linha, o Painel FC informou que a suspensão de Dentinho, que joga ao lado de Ronaldo, "abriu ferida" no Corinthians. "A punição foi imposta pelo STJD, presidido por Rubens Approbatto, da oposição no Parque São Jorge" e que ontem acabou revendo a suspensão.

Por outro lado, Flávio Ricco posta no UOL como "um famoso jogador, distraído, vê seu carro atingir o da frente, nada grave, apenas danos materiais". Foi há duas semanas, "acredite se quiser":

_ Não querendo despertar barulho, o atleta saca o talão de cheque e pergunta se aquele valor era suficiente para cobrir os prejuízos. R$ 60 mil, quase duas vezes o valor do veículo acidentado. Surpresa, a moça, proprietária do automóvel, diz que sim e ele rapidamente tira o time de campo. O protagonista da história é o Fenômeno.

Escrito por Nelson de Sá às 11h17

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Hélio Costa e o lobby das televisões contra as teles

O ministro das Comunicações abriu o congresso de radiodifusão com um "comentário inusitado", na declaração destacada pelo Teletime:

_ Essa juventude tem que parar de só ficar pendurada na internet. Tem que assistir mais rádio e televisão. O setor de comunicação fatura R$ 110 bilhões por ano. Somente R$ 1 bilhão é do rádio e R$ 12 bilhões das TVs. O resto vocês sabem muito bem onde está.

E o presidente do lobby Abert, que uniu Globo com Record e SBT, defendeu que a legislação regule a internet e não só televisão, segundo o site Tele.Síntese e outros:

_ Não é porque a internet é aberta que não precisa ser regulamentada. A internet não é desvinculada do mercado e a regra da comunicação social também deve ser aplicada à ela.

O deputado Rêgo Filho apresentou dias atrás um substitutivo do PL 29, projeto de lei que cria novas regras para o setor, e sua "principal contribuição" foi regulamenter a internet. "Até agora", observa o Tela Viva, "não havia pistas de onde teria partido tal sugestão".

Do outro lado, telefônicas e operadoras de cabo/satélite/internet mostraram seu desagrado com Rêgo Filho, segundo o site Telecom Online, citando declarações de "executivos":

_ Todos os substitutivos até agora trataram a internet com o devido respeito, preservando-a de amarras. Esse fez o contrário. O relatório estabelece mudanças do modelo de negócios de um serviço privado, prestado por empresas privadas, como se fosse público.

Escrito por Nelson de Sá às 10h52

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Uma crise é uma crise, outra crise é outra crise

O blog Westword postou e Jim Romenesko destacou a entrevista em que o presidente do grupo MediaNews, que edita cem publicações nos EUA, inclusive jornais como o "Denver Post", questiona a cobertura que se faz da crise na imprensa americana.

Afirma que ela não distingue "a diferença entre a mudança estrutural" no setor de mídia e "a forte desaceleração econômica". A queda maior de receita se deve à segunda crise.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h43

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

US$ 10 bilhões "lubrificam" comércio China-Brasil

Para as edições originais, "China Daily" e "The Times of India". Também no PressDisplay. Para os sites, CD e TOI.

Escrito por Nelson de Sá às 09h17

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Armas dos EUA para o Taleban, via Paquistão

 

Para as edições originais, "The New York Times", "The Washington Post" e "USA Today". Também no NewsStand, no PressDisplay (menos "NYT") e no Newseum. Para os sites, NYTWP e USA Today.

Escrito por Nelson de Sá às 09h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Governo corta taxas dos cartões de crédito, lá

Para as edições originais, "The Wall Street Journal" e "Financial Times". "WSJ" também no Newseum. Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 09h01

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Cartões de crédito entram na mira do governo, cá

Para as edições originais, "Valor Econômico" e "Gazeta Mercantil". Também no PressDisplay e no Newseum ("GM"). Para os sites, Valor Online e GM.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

BNDES, fundos e a criação da gigante Brasil Foods

  

Para as edições originais, "Folha de S.Paulo", "O Estado de S. Paulo" e "O Globo". Também no PressDisplay e no Newseum. Para os sites, Folha Online, Estadao e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h56

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ônibus e caminhão vs. polícia, no Rio como em SP

 

Para as edições originais, "Agora São Paulo", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora de Notícias". Também no PressDisplay ("Agora") e no Newseum ("Agora" e "SN"). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h51

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"A ministra Dilma Rousseff é internada... câncer"

Escalada do "Jornal Nacional":

   Sadia e Perdigão se juntam para formar uma das maiores empresas do mundo no setor de alimentos.
   A polícia prende um comerciante que vendia donativos para os flagelados da enchente em Santa Catarina.
   A Câmara dos Deputados anuncia medidas de redução e de controle de gastos.
   Barack Obama dá prazo de sete anos para os carros americanos se tornarem mais econômicos.
   A ministra Dilma Rousseff é internada depois de uma reação à quimioterapia contra um câncer linfático.
   Governo amplia gastos do Bolsa Família em R$ 500 milhões.
   A Federação Internacional de Natação impõe limites aos maiôs de alta tecnologia que ajudam a quebrar recordes.
   A polícia prende um cozinheiro que decidiu criar uma operadora de televisão roubando sinal.

Do "Jornal da Record":

   Exclusivo. Médico suspenso por provocar impotência em cliente continuava atendendo em Porto Alegre.
   Detido em São Paulo bando que assaltava comerciantes estrangeiros.
   Empresário que vendia donativos enviados a Santa Catarina é preso em flagrante.
   A cheia amazônica. Sobrevoamos Anamã, na região mais afetada da floresta.
   Gigantes de alimentos formam a Brasil Foods, terceira maior exportadora do país.
   Procon suspende venda de carros da Fiat que podem ter sido afetados pelas chuvas de Minas.
   Inglês salta a dois mil metros de altura e não abre o pára-quedas.
   Menino pede para virar menina e ganha o apoio dos pais nos Estados Unidos.
   Reportagem especial: Um táxi do Rio de Janeiro no trânsito de São Paulo.

Do "Jornal da Band":

   China empresta US$ 10 bilhões à Petrobras em troca de petróleo durante dez anos.
   Perdigão compra Sadia e cria gigante com 120 mil funcionários. Empresa será terceira maior exportadora do Brasil com vendas para 110 países.
   Quadrilha que assaltava casas de estrangeiros é presa em São Paulo. Bandidos combinavam crimes pela internet e torturavam vítimas.
   Traficantes sequestram ônibus e caminhões para impedir entrada da polícia em favela do Rio de Janeiro.
   Caminhoneiros tentam romper à força bloqueio de sem-terra em estrada no Mato Grosso.
   Justiça desportiva pode punir Ronaldo Fenômeno por puxar cabelo de adversário.
   No Maranhão, polícia é chamada para evitar que doações para vítimas de enchentes sejam saqueadas.
   Dólar no Brasil emplaca menor cotação desde outubro e o petróleo no mundo a maior cotação desde novembro.

Escrito por Nelson de Sá às 22h19

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ronaldo na China

O "Meio & Mensagem" de papel noticia que o SBT "confirmou oficialmente que Ronaldo será a estrela de comerciais institucionais nos próximos meses, com a missão de valorizar a emissora e ressaltar os destaques de sua grade de programação". Fechou contrato "independente" daquele assinado antes entre grupo Silvio Santos e Corinthians.

Já a coluna Ooops informa no UOL que, "depois de fazer Claudia Leitte desistir de um contrato de licenciamento de marcas com a Record, agora é Ronaldo o alvo da sanha exclusivista da Globo", que "pressiona empresários do jogador a desistirem de transformá-lo em garoto-propaganda do SBT". Ele já "desapareceu da Globo".

Sem dar atenção, "o craque continua a faturar", acrescenta o "M&M", registrando que "ele é a estrela da mais recente campanha da Vale, que começa a ser veiculada na China".

Dias atrás, sem dar atenção à sanha da seleção, Ronaldo já atacou o "duplo caráter" do presidente da CBF, em sabatina no jornal.

Sobrevivente - Na Folha, a coluna Outro Canal publica que a Globo tem "praticamente certo" o retorno do reality show "No Limite", inspirado no americano "Survivor". Aos domingos, com o jornalista Zeca Camargo. "Faltam apenas as negociações com patrocinadores e governos locais."

Feira - Na Jovem Pan, a coluna Rádio e TV posta que a "fase de investimentos de SBT, Record, Globo, Rede TV! e Band reflete as viagens dos executivos às feiras internacionais", de onde "voltam com as malas cheias de formatos" comprados de produtoras da Europa à Argentina.

Realidade - Nos EUA, as redes já informam o mercado publicitário de suas temporadas. O "NYT" detalha as novas séries, mas sublinha o domínio dos "reality shows", com o choque semanal programado entre "Dancing With the Stars" na ABC e "So You Think You Can Dance" na Fox.

Escrito por Nelson de Sá às 11h28

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Laços de ternura?

Em chamada de capa e no alto da página 2 do "China Daily" de hoje, "Laços fortes com o Brasil vão ficar mais fortes". A reportagem destaca declaração de Zhou Zhiwei, especialista em Brasil da Academia Chinesa de Ciências, "Como os dois maiores países em desenvolvimento, as duas nações têm muito em comum no trato das relações internacionais".

No alto da página de Opinião, Lula assina o artigo "China e Brasil: Laços de ternura", com ilustração que mistura passistas ao "ninho de pássaros" (abaixo). O texto ressalta que os emergentes "estão ajudando a escrever um dos mais importantes capítulos da história do século 21", com os "sinais de que uma nova realidade está tomando forma".

Brics e a disparada 1 - O despacho da Reuters, desde Pequim, destacou a "esperança" do Brasil de se associar à China em biocombustíveis. Ao mesmo tempo, a Bloomberg noticiava o salto da Bovespa, com a perspectiva de demanda maior por commodities, por parte dos gigantes China e Índia. Saltaram Petrobras, Vale, até Cosan.

Brics e a disparada 2 - Fim do dia, UOL e outros deram que a "disparada" se devia à elevação de 64,7% nas exportações brasileiras para a China este ano, revertendo "estimativa empresarial". E ao anúncio chinês do estímulo à indústria petroquímica "no dia em que Lula chegou a Pequim".

Descolou de novo? - O editor de investimentos do "Financial Times" saudou em vídeo, ontem, o salto de 17% na Bolsa indiana -e voltou com a explicação do "descolamento, em especial dos Brics". Desde outubro, os quatro superaram "o mundo", diz o "FT", em mais de 50%.

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h49

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A maior alta na história das Bolsas no mundo

Para as edições originais, "China Daily" e "The Times of India". Também no PressDisplay. Para os sites, CD e TOI.

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama endurece os padrões para combustíveis

 

Para as edições originais, "The New York Times", "The Washington Post" e "USA Today". Também no NewsStand, no PressDisplay (menos "NYT") e no Newseum. Para os sites, NYTWP e USA Today.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Os pequenos bancos perdem; os grandes devolvem

Para as edições originais, "The Wall Street Journal" e "Financial Times". "WSJ" também no Newseum. Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A saída está no mercado interno (e nos emergentes)

Para as edições originais, "Valor Econômico" e "Gazeta Mercantil". Também no PressDisplay e no Newseum ("GM"). Para os sites, Valor Online e GM.

Escrito por Nelson de Sá às 08h50

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Depois dos derivativos, mais uma megafusão

 

Para as edições originais, "Folha de S.Paulo", "O Estado de S. Paulo" e "O Globo". Também no PressDisplay e no Newseum. Para os sites, Folha Online, Estadao e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mãe roda mais de cinco meses atrás de um exame

 

Para as edições originais, "Agora São Paulo", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora de Notícias". Também no PressDisplay ("Agora") e no Newseum ("Agora" e "SN"). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h41

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

E o deputado que matou estava mesmo bêbado

Escalada do "Jornal Nacional":

   Empregos com carteira assinada crescem em abril. Mas o ministro da Fazenda admite que a crise pode ter posto o Brasil em recessão.
   Estados Unidos e Israel expõem divergências sobre o Irã. Obama pede ao líder israelense que pare de construir assentamentos na Cisjordânia e reafirma o compromisso de apoiar a criação do Estado palestino.
   Deputado envolvido em acidente que matou dois jovens estava mesmo bêbado.
   A Fundação Oswaldo Cruz traça o mapa genético do vírus da gripe suína encontrado no Brasil.
   Os brasileiros perguntam: É seguro usar roupas especiais para hospitais quando se está na rua?
   O fim dos consertos no supertelescópio espacial.
   Novo recorde do jamaicano Usain Bolt em uma prova diferente.

"Jornal da Record":

   Exame comprova: Deputado que matou dois jovens em acidente de carro estava bêbado. Assembléia do Paraná analisa pedido de cassação do parlamentar.
   Tragédia em família. Irmão mata irmão com arma do pai.
   Polícia Federal deflagra operação gigante contra pedofilia na internet.
   Quase todos os municípios do Estado do Amazonas declaram situação de emergência.
   Gripe suína explode no Japão. Número de casos pula de quatro para 160.
   Obama defende redução de abortos pela diminuição de gestações indesejadas e é aplaudido em universidade católica.
   Emprego com carteira assinada tem o melhor resultado desde setembro.
   Na reportagem especial, os táxis, vida sem destino. Alegrias, medos, conquistas e derrotas dos profissionais que rodam nas duas maiores cidades do Brasil.

"Jornal da Band":

   Operação da Polícia Federal no dia de combate à exploração infantil prende suspeitos de pedofilia na internet.
   Exame comprova que deputado que matou jovens em acidente no Paraná estava embriagado.
   Miss Brasil 2009 volta para casa e desfila de carro de bombeiro pelas ruas de Natal.
   Caetano Veloso cai do palco durante show em Brasília. Apesar da queda no escuro, cantor de 66 anos não se machucou.
   Adriano faz primeiro treino no Flamengo e diz estar com 20% da capacidade, mas que estréia está marcada para  o fim do mês.
   Das quase cem cidades atingidas pelas enchentes no Maranhão, metade ainda não recebeu qualquer tipo de ajuda.
   Governo acredita em expansão no segundo semestre maior do que a recessão neste primeiro. E que voltaremos a crescer tanto quanto antes da crise, já no ano que vem.

Escrito por Nelson de Sá às 21h20

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bibi vs. Barack

Escrito por Nelson de Sá às 21h12

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fatos novos, pensamentos inesperados

Chegou hoje às bancas a nova "Newsweek", que desistiu de concorrer com a "Time" e agora quer até diminuir pela metade a sua circulação, que resultou em US$ 20 milhões de prejuízo no primeiro trimestre.

A nova era começa com uma entrevista de meia hora com Barack Obama, feita pelo próprio editor Jon Meacham, que também assina o editorial "Uma nova revista para um mundo em mudança":

_ Não é segredo para ninguém que o negócio do jornalismo vive um problema. Instituições americanas veneráveis encaram futuro incerto; empresas antes lucrativas estão se debatendo para encontrar formas de financiar suas operações. A revista que você segura agora, o primeiro número de uma "Newsweek" reinventada e repensada, representa o nosso melhor esforço para trazer até você reportagens originais, discussões provocativas (mas não partidárias) e vozes singulares. Sabemos que você sabe o que é notícia. Não pretendemos ser o seu guia no caos da Era da Informação. O que podemos oferecer é um trabalho cuidadoso para a descoberta de fatos novos e para o estímulo de pensamentos inesperados.

O lançamento foi acompanhado, ontem e hoje, por entrevistas de Jon Meacham no "Meet the Press" da NBC e no "Washington Post", ambos vinculados à própria "Newsweek".

Escrito por Nelson de Sá às 11h46

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De quem é a culpa?

Na manchete on-line do Meio & Mensagem desde sexta, "Ministério Público Federal ajuíza ação contra Ambev e África", de Nizan Guanaes, por danos morais pelo comercial com Ronaldo. Cobra indenização "condizente com o milionário volume financeiro envolvido".

Do blog de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni:

_ Essa campanha, na televisão, que utiliza o Ronaldo dizendo que deu a volta por cima porque bebe cerveja é de lascar. "Péra aí", o testemunho de um atleta que passa por tratamento médico e intensa fisioterapia é um abuso. Eu gosto de cerveja e adoro vinho, mas bebo pouco, somente em algumas refeições e quando bebo jamais dirijo. Mas será que um garoto de 15 anos tem consciência para lidar com isso? Não é só pelo apelo, mas principalmente porque no subtexto está sendo dito que cerveja faz bem para a saúde, ajuda a ficar forte. Isso é grave, porque oferece aos jovens justificativas para o consumo sem culpa. E se há, no caso, pergunta-se: de quem é a culpa? No caso, os profissionais são competentes, honestos e conscientes...

Networking - No Propaganda & Marketing, Paulo Zottolo, que dirige a Maior, do grupo ABC de Nizan Guanaes, afirma que a nova empresa de "conteúdo e entretenimento" terá vários pilares, mas o esporte será "o mais forte". E que contratou John Kall, da Clinton Global Initiative, e quer mais "gente de alto nível para networking".

No meio de nós - Flávio Ricco diz que a Globo "está fechando o cerco em todos os esportes, pegando tudo", e a Record "tem negociação encaminhada com o judô, só isso". Enfrentando dificuldades da audiência à TV digital, "altas mudanças podem ser anunciadas nos próximos dias, com a presença de Edir Macedo no Brasil".

Escrito por Nelson de Sá às 10h23

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

CPI do Pré-sal

Sobre a viagem presidencial, no "Wall Street Journal" de hoje, adiantado ontem na home, "Brasil se volta à China para reforçar projetos de petróleo". Na longa reportagem, um consultor texano alerta que "é a nova geopolítica do petróleo, em que os negócios começam por entendimento político, cortando as companhias internacionais de petróleo". O jornal cita Exxon e Shell.

Na mesma linha, também sobre a turnê presidencial, na escalada do "Jornal Nacional" de anteontem: "O presidente Lula desembarca na Arábia Saudita para atrair investidores para o pré-sal".

Aprovada pela oposição na sexta, a CPI da Petrobras deixou a escalada dos telejornais no sábado e a cobertura em geral no domingo.

Risco - Na pouca repercussão que a CPI chegou a ter no exterior, no fim de semana, o "El País" sublinhou, pelo correspondente Juan Arias, que "a investigação pública da Petrobras (as sessões são televisionadas) constitui sem dúvida o maior e mais arriscado gesto da oposição".

Medo - E no site da "Veja" o blog de Reinaldo Azevedo questionou DEM e também o PSDB por não se apresentarem "muito entusiasmados", após aprovarem a CPI da Petrobras. Em destaque, perguntou: "As oposições estão com medo de se opor ou é só impressão?".

Leia aqui a íntegra da coluna "Toda Mídia" de hoje.

Escrito por Nelson de Sá às 09h20

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Obama entre os católicos, falando de aborto

Para edições e capas, "NYT", "WP" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.). Para os sites, NYTWP e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 09h00

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Com eleição, uma "era de estabilidade" na Índia?

Para edições e capas, "WSJ" e "FT". E capa de "WSJ" também no Newseum (por Estado, à esq.). Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 08h58

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Empresa dá crédito, BB dá crédito

Para edição e site, Valor Online. Também no PressDisplay (país, à esq.).

Escrito por Nelson de Sá às 08h57

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fiesps de fachada (e o vaivém da CPI)

Para edições e capas, Folha, "Estado" e "Globo". Folha, "Estado" e "Globo" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Estado" e "Globo" também no Newseum (por país, à esq.). Para os sites, Folha Online, Estadao.com.br e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 08h54

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Aposentado, entre na Justiça contra a União

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (à esq.). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 08h51

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sexo, dieta e nazismo

 

 

Para as edições e capas, Veja, IstoÉ, Época e CartaCapital.

Escrito por Nelson de Sá às 12h06

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Republicanos ao ataque, pelo Supremo

Para edições e capas, "NYT", "WP" e "China Daily". "NYT" e "WP" também no NewsStand. "WP" e "China Daily" também no PressDisplay (lista por país, à esq.). E capas de "NYT" e "WP" também no Newseum (por Estado, à esq.). Para os sites, NYTWP e China Daily.

Escrito por Nelson de Sá às 12h03

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A desaceleração continua

Para edições e capas, "WSJ" e "FT". E capa de "WSJ" também no Newseum (por Estado, à esq.). Para os sites, WSJ e FT.

Escrito por Nelson de Sá às 11h53

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bolsa-Família para acalmar sem-terra?

Para edições e capas, Folha, "Estado" e "Globo". Folha, "Estado" e "Globo" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de Folha, "Estado" e "Globo" também no Newseum (por país, à esq.). Para os sites, Folha Online, Estadao.com.br e Globo Online.

Escrito por Nelson de Sá às 11h51

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vagas na construção, empregos no supermercado

Para edições e capas, "Agora", "Extra", "Super Notícia" e "Meia Hora". "Agora" também no PressDisplay (por país, à esq.). E capas de "Agora" e "Extra" também no Newseum (à esq.). Para os sites, Folha Online ("Agora"), Extra Online, O Tempo Online ("SN") e O Dia Online ("MH").

Escrito por Nelson de Sá às 11h49

Comente | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores
Blog da coluna "Toda Mídia" (assinantes Folha e UOL), de segunda a sexta, pela manhã, escrito pelo jornalista Nelson de Sá.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha Online. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha Online.